Construção de linguagens documentárias em sistemas de recuperação da informação: a importância da garantia do usuário

Autores

  • Dalgiza Andrade Oliveira UFAL
  • Ronaldo Ferreira de Araujo UFAL

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2012v17n34p17

Resumo

O artigo tem a pretensão de discutir a importância da garantia do usuário no processo de planejamento e elaboração de linguagens documentárias. Assim, o trabalho de cotejamento foi realizado por meio de revisão de literatura de estudos de autores que abordam tal temática, dentro do escopo do processo classificatório, encontrado na Biblioteconomia e na Ciência da Informação. O artigo, embora concentre sua atenção na garantia do usuário, conceitua sinteticamente a garantia literária, a garantia estrutural e a garantia cultural. Discorre-se conceitualmente acerca dos Sistemas de Recuperação de Informação e dos Sistemas de Informação, das linguagens documentárias e das representações documentárias utilizadas no processo de organização da informação. Dentre as linguagens documentárias com ênfase na representação da informação, é destacado, especificamente, o tesauro enfocando as suas principais características no que se refere à validação de termos. Aborda os mecanismos de indexação e descrição dos documentos. Discute-se sobre os tesauros na sua importante relação com a garantia do usuário.

Biografia do Autor

Dalgiza Andrade Oliveira, UFAL

Professora Adjunta do Curso de Biblioteconomia da Universidade Federal de Alagoas. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2007-2011). Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2003-2005). Bacharel em Biblioteconomia pela Escola de Biblioteconomia da Universidade Federal de Minas Gerais (1987-1991). Tem experiência na área de Ciência da Informação e Biblioteconomia, com ênfase em Gestão da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: cidadania, prática informacional, gestão da informação arquivística, memória e documentação, pesquisa cientifica, ciência da informação, deontologia biblioteconômica e mercado de trabalho. Ministra disciplinas sobre Recursos e Serviços de Informação.

Ronaldo Ferreira de Araujo, UFAL

Possui graduação em Ciência da Informação (2006) pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Doutorando em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). É professor visitante no Departamento de Jornalismo e Ciências da Comunicação da Universidade do Porto (2012). Professor e Vice- Coordenador do Curso de Biblioteconomia do Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes (ICHCA), Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Áreas de interesse: Tecnologia de Informação e Comunicação em Unidades de Informação; TIC no Ensino Superior; Informação, Tecnologia e Cultura Digital; Redes Sociais; Inclusão Digital; Estudos em Ciência-Tecnologia-Sociedade (CTS).

Downloads

Publicado

2012-08-05

Como Citar

OLIVEIRA, . A.; ARAUJO, . F. de. Construção de linguagens documentárias em sistemas de recuperação da informação: a importância da garantia do usuário. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 17, n. 34, p. 17–30, 2012. DOI: 10.5007/1518-2924.2012v17n34p17. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2012v17n34p17. Acesso em: 29 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)