A intervenção humana na qualificação de processos de data mining: estudo de caso em uma base de dados hipotética

Autores

  • Juliano Tonizetti Brignoli Universidade Federal de Santa Catarina
  • Egon Sewald Junior Universidade Federal de Santa Catarina
  • Viviane Brandão Miguez Universidade Federal de Santa Catarina
  • Neri dos Santos Universidade Federal de Santa Catarina
  • Fernando Spanhol Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2012v17nesp1p110

Palavras-chave:

Data Mining, Psicologia Cognitiva, Conhecimento

Resumo

Este artigo explora argumentações acerca das contribuições da intervenção de analistas humanos em processos de Data Mining. A eficiência algorítmica destes processos não é suficiente na busca por conhecimento voltado ao apoio decisório em domínios com natureza de informação complexa e volumosa. Propriedades da intelectualidade humana, como a inferência e a percepção propiciam excelente complementação aos processos de análise de dados. Por meio de estudo de caso baseado em simulação pretende-se validar proposições que asseguram o fato dos processos de Data Mining serem conduzidos e interpretados por analistas humanos, tornando-os assim, de característica dinâmica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-08-17

Como Citar

BRIGNOLI, Juliano Tonizetti; SEWALD JUNIOR, Egon; MIGUEZ, Viviane Brandão; SANTOS, Neri dos; SPANHOL, Fernando. A intervenção humana na qualificação de processos de data mining: estudo de caso em uma base de dados hipotética. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], p. 110–124, 2012. DOI: 10.5007/1518-2924.2012v17nesp1p110. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2012v17nesp1p110. Acesso em: 21 abr. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.