Editorial

Autores

  • Márcio Matias Universidade Federal de Santa Catarina
  • Moisés Lima Dutra Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2012v17nesp2pi

Palavras-chave:

Editorial

Resumo

Prezados Leitores, Nesta edição especial, a Encontros Bibli publica os trabalhos apresentados no 3º Simpósio Brasileiro de Comunicação Científica (SBCC), realizado na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis, nos dias 5 e 6 de junho de 2012. É uma grande satisfaçãoestabelecer parceria com este evento, pois o SBCC é um importante fórum que agrupa especialistas, promove discussões e o compartilhamento de informações relacionadas à área de comunicação científica. Nesta edição de 2012, o evento concentrou-senos temas de acesso aberto, acesso livre e preservação digital, com foco em Perspectivas em Acesso Aberto – Cenários para 2020. O trabalho que abre esta edição fundamentou a palestra da professora pesquisadora Elena Maceviciute da Universidade de Boras - Suécia, e também da Universidade Vilnius - Lituânia, e destaca diversos questionamentos e alternativas para a preservação digital. Em seguida, temoso resultado de uma pesquisa sobre a produção científica brasileira relacionada ao tema principal do evento:Mapeamento da produção científica brasileira sobre Acesso Aberto: 2001 A 2011, elaborado porFábio Mascarenhas Silva, Natanael Vitor Sobral, Guilherme Alves Santana eTatyane Lucia Cruz. Na sequência, são apresentados mais quatro trabalhos focados especificamente em Acesso Aberto: Serviços de difusão de políticas para o acesso aberto: Sherpa/Juliet, Melibea e ROARMAP, deMichelliCosta, Bianca Amaro e Tainá Assis; Acesso aberto à informação científica e direito autoral: ações e contradições, de Maria Naires Alves de Souza, Denyse Maria Borges Paes, Rafael Gomes Fernandes, Francisco Welton Silva Rios; A influência do Open Access nas comunidades Acadêmicas da Área de Biblioteconomia no Nordeste do Brasil, deVirgínia Bárbara Aguiar Alves; e Definição de uma política de acesso aberto para a Universidade Federal da Bahia. Susane Santos Barros, Flávia Goulart Mota Garcia Rosa. Além disto, esta edição também apresenta trabalhos sobre diversos aspectos ligados à comunicação científica, tais como qualidade, visibilidade, indicadores de gestão de fluxo editorial, curadoria digital, repositórios e preservação digital, que são listados a seguir: Metadados de qualidade e visibilidade na comunicação científica, de Silvia Maria PuentesBentancourt e Rafael Port da Rocha; Indicadores de gestão do fluxo editorial dos periódicos científicos: uma reflexão teórico-metodológica, deElisabete Werlang, Daniela Spudeit e Nadi Helena Presser; O impacto da curadoria digital dos dados de pesquisa na Comunicação Científica de Luana Farias Sales e Luís Fernando Sayão; Análise da dinâmica de evolução das revistas científicas e bibliotecas digitais de teses e dissertações em acesso livre na área de Ciências da Comunicação: o caso do repositório Univerciencia.org, deDalton Lopes Martins e Sueli Mara Soares Pinto Ferreira; Acesso livre via repositórios: politicas de instituições brasileiras, de Tania Chalhub , Alegria Benchimol e Claudia Guerra; O papel das bibliotecas universitárias na comunicação científica: um estudo sobre os repositórios institucionais, de Patrícia dos Santos Caldas Marra; Acesso Livre à Informação Científica em Países em Desenvolvimento: o caso dos Repositórios “Saber” (Moçambique) e Digital da UFMG (Brasil), de Ranito Zambo Waete, Maria Aparecida Moura, e Manuel Valente Mangue; SEER e PDF/A na preservação de revistas científicas: relato de experiência, de Ana Paula Araújo Cabral da Silva; Ontologia de dependência tecnológica de documentos digitais: Instrumento de Apoio à Preservação Digital, de EloiJunitiYamaoka e Fernando OstuniGauthier. Vale também destacar a nossa bela capa gentilmente elaborada pelo professor Adilson Luiz Pinto. Ótima leitura! Márcio Matias e Moisés Lima Dutra Editores – EdiçãoEspecial – 3º SBCC – Perspectivas em Acesso Aberto

Downloads

Publicado

2012-12-04