A geração e o gerenciamento de referências bibliográficas com o Mecanismo Online para Referências - MORE

Proxério Manoel Felisberto, Roderval Marcelino, Maria Bernardete Martins Alves, João Bosco da Mota Alves, Juarez Bento da Silva, Vilson Gruber

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2015v20n42p79

A produção científica e a elaboração de trabalhos acadêmicos revestem-se de formalidades próprias. Destas formalidades busca-se, neste trabalho, abordar as que se referem à forma de concessão dos méritos aos autores das obras utilizadas no embasamento teórico, através das citações e referências bibliográficas. O que se pretende é o auxilio aos usuários de biblioteca na geração e gerenciamento de referências fazendo uso de uma ferramenta web desenvolvida para esta finalidade. Vários são os aplicativos, sejam eles desktop e/ou disponibilizados através da web, que poderiam suprir esta necessidade. No entanto, alguns requerem a aquisição de algum tipo de licença onerosa para desfrutar de todas as suas possibilidades. Outros possuem a versão gratuita, todavia, são muito limitadas e por vezes não contemplam a geração de referências nos moldes especificados pela ABNT. Existem outras que não disponibilizam a funcionalidade de armazenamento das referências geradas para serem utilizadas em momento posterior. No intuito de suprir esta lacuna foi desenvolvido e disponibilizado ao público em geral, através da web, o Mecanismo Online para Referências (MORE), no ano de 2006. Entretanto, o rápido avanço tecnológico aliado ao aumento do número de usuários do sistema contribuíram para a necessidade de atualização do mesmo, realizada recentemente. Ressalta-se que todo o trabalho foi desenvolvido, exclusivamente, com o uso de tecnologias gratuitas e popularmente consagradas. Inicialmente, buscou-se identificar quais são as principais ferramentas geradoras e/ou gerenciadoras de referências bibliográficas disponíveis para uso e quais tecnologias gratuitas poderiam ser utilizadas na construção de sistemas web interativos. Na sequência descreve-se, de forma sucinta o processo de reengenharia a que o MORE foi submetido, sua nova estrutura, novos requisitos implementados com sua remodelagem e ampliação do seu portfólio de funcionalidades. Finalizando, faz-se uma síntese dos resultados alcançados atualmente em contrapartida aos resultados anteriores à sua atualização.


Palavras-chave


referências bibliográficas; sistema web; coleções de referências; tecnologias da informação e comunicação

Texto completo:

PDF-A

Referências


ALVES, M. B. M.; MENDES, L. L.; ALVES, J. B. da M. More: Mecanismo on-line para Referências. 2007. Disponível em: . Acessado em 14 set. 2014.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). Conheça a ABNT. 2014. Disponível em: < http://www.abnt.org.br/m3.asp?cod_pagina=929 >. Acessado em 21 out. 2014.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 6023: Informação e Documentação - Referências - Elaboração. Rio de Janeiro, ago. 2002. 24 p.

BLANKENSHIP, J.; BUSSA, M.; MILLETT, S. Pro Agile .NET Development with Scrum. New York, US: Apress Media, 2012. 381 p.

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A.; SILVA, R. da. Metodologia Científica. 6. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007. 159 p.

ESTORNIOLO FILHO, J. EndNote Web: guia de uso. 6. ed. São Paulo, jan. 2013. 29 p. Disponível em: < http://www.bvs-sp.fsp.usp.br:8080/image/pt/internas/manuais/endnoteweb.pdf >. Acessado em 06 set. 2014.

GABARDO, A. C. PHP e MVC com CodeIgniter. 1. ed. São Paulo: Novatec, 2012. 286 p.

GILMORE, W. J. Dominando PHP e MySQL: do iniciante ao profissional. 3. ed. Rio de Janeiro: Alta Books, 2011. 769 p. Tradução de Raquel Marques e Lúcia Kinoshita. 2a reimpressão.

GONÇALVES, E. Dominando o Netbeans. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2006.

HOLZNER, S. Eclipse. Sebastopol, US: O'Reilly Media, 2004. 317 p.

LOUDON, K. Desenvolvimento de Grandes Aplicações Web. São Paulo: Novatec Editora, 2010. Tradução: Rafael Zanolli.

PALOMAR COLLEGE LIBRARY. EasyBib: Write Smart. [S.l.], 2014. Disponível em: . Acessado em 17 out. 2014.

PESTANA, M. C.; FUNARO, V. M. de O. Manual EndNote Web: guia do usuário. São Paulo, 2009. 23 p. Disponível em: . Acessado em 06 set. 2014.

SERRA, A. P. G. Reengenharia de software: uma visão geral. Engenharia de Software Magazine. Rio de Janeiro, n. 11, p. 20-24, 2009. Mensal.

SILVA, M. S. CSS3: desenvolva aplicações web profissionais com uso dos poderosos recursos de estilização das CSS3. São Paulo: Novatec, 2012.

SILVA, M. S. JavaScript: guia do programador. São Paulo: Novatec, 2010. 604 p.

SOMMERVILLE, I. Engenharia de Software. 9. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2011. 529 p. Tradução Ivan Bosnic e Kalinga G. de O. Gonçalves.

SOURCEFORGE.NET. JabRef Reference Manager: documentation. 2014. Disponível em: < http://jabref.sourceforge.net/documentation.php >. Acessado em 05 set. 2014.

THE LANDMARK PROJECT. Citation Machine. [S.l.], 2014. Disponível em: . Acessado em 15 set. 2014.

TONU, M. A. H. PHP Application Development with NetBeans: Beginner's guide. Birmingham, UK: Packt Publishing, 2012. 283 p.

UPTON, D. CodeIgniter for Rapid PHP Application Development. Birmingham, UK: Packt Publishing, 2007. 244 p.

UNIVERSIDAD DE SEVILLA. PROCITE: Gestión de referencias bibliografías. fev. 2006. Disponível em: . Acessado em 09 set. 2014.

VAUGHAN-NICHOLS, S. J. Will HTML5 restandardize the web?. Computer, v. 43, n. 4, p. 13-15, April 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2015v20n42p79



Direitos autorais 2015 Proxério Manoel Felisberto, Roderval Marcelino, Maria Bernardete Martins Alves, João Bosco da Mota Alves, Juarez Bento da Silva, Vilson Gruber

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Enc. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1518-2924.

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 By  (mais informação)