Modernização administrativa em Portugal e o futuro das Bibliotecas da Administração Central do Estado: o debate em curso

Paulo Jorge Barata, Paula Ochôa, Rosa Galvão, Vera Batalha, Leonor Gaspar Pinto

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2017v22n49p142

Refletindo as atuais tendências nas políticas de modernização administrativa nos organismos governamentais, apresentam-se e discutem-se os recentes resultados de um relatório prospetivo para as bibliotecas, realizado em Portugal, no âmbito das atribuições da Direção-Geral da Qualificação dos Trabalhadores em Funções Públicas (INA). Este documento de orientação estratégica foi desenvolvido por um grupo de especialistas em gestão de informação, utilizando as metodologias de estudos do futuro e análise de stakeholders, tendo como objetivos contribuir para a construção de uma política nacional de informação que integre o papel e a estratégia das Bibliotecas da Administração Central do Estado, promovendo o reconhecimento das práticas de gestão de informação necessárias na Administração Pública e debatendo o seu valor e o impacto para as várias partes interessadas.


Palavras-chave


Modernização Administrativa; Bibliotecas; Portugal

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1518-2924.2017v22n49p142



Direitos autorais 2017 Paulo Jorge Barata

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Enc. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1518-2924.

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 By  (mais informação)