Modernização administrativa em Portugal e o futuro das Bibliotecas da Administração Central do Estado: o debate em curso

Autores

  • Paulo Jorge Barata Biblioteca Nacional de Portugal
  • Paula Ochôa
  • Rosa Galvão
  • Vera Batalha
  • Leonor Gaspar Pinto

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2017v22n49p142

Palavras-chave:

Modernização Administrativa, Bibliotecas, Portugal

Resumo

http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2017v22n49p142

Refletindo as atuais tendências nas políticas de modernização administrativa nos organismos governamentais, apresentam-se e discutem-se os recentes resultados de um relatório prospetivo para as bibliotecas, realizado em Portugal, no âmbito das atribuições da Direção-Geral da Qualificação dos Trabalhadores em Funções Públicas (INA). Este documento de orientação estratégica foi desenvolvido por um grupo de especialistas em gestão de informação, utilizando as metodologias de estudos do futuro e análise de stakeholders, tendo como objetivos contribuir para a construção de uma política nacional de informação que integre o papel e a estratégia das Bibliotecas da Administração Central do Estado, promovendo o reconhecimento das práticas de gestão de informação necessárias na Administração Pública e debatendo o seu valor e o impacto para as várias partes interessadas.

Biografia do Autor

Paulo Jorge Barata, Biblioteca Nacional de Portugal

Profissional de Informação-Documentação há mais de 25 anos, atualmente (desde 2013) no serviço de Atividades Culturais – Área de Gestão Editorial da Biblioteca Nacional de Portugal (BNP). Profissionalmente, na área BAD: Biblioteca do Palácio Nacional de Mafra (1990-1992); Área de manuscritos da divisão de reservados (1992-2000) e divisão da porbase (2001) da BNP, em funções sobretudo de tratamento técnico de manuscritos e de livro antigo. Chefe de divisão do gabinete de planejamento, documentação e formação da inspeção-geral da educação (2001-2007); e da divisão de comunicação e documentação (2007-2013), com funções nas áreas editorial (publicações e sítio web) e da documentação (centro de documentação, arquivo e expediente). Mestre em Estudos Portugueses Interdisciplinares (2001). Licenciado em História (1987). Curso de especialização em Ciências Documentais, opção arquivo (1992). Curso de especialização em Ciências Documentais, opção biblioteca e documentação (1996). Seminário de alta direção em Administração Pública (2004). Programa de Formação em Gestão Pública (FORGEP) (2007). Integra a comissão editorial dos Cadernos BAD (desde 2002). Prêmio Raul Proença (2001) com a obra Os livros e o liberalismo: da livraria conventual à biblioteca pública: uma alteração de paradigma (2003). Autor do inventário do Arquivo Mouzinho da Silveira (BNP, 1994) e do Catálogo da Coleção de Códices da Biblioteca Nacional – COD. 851-1500 (BNP, 2001). Autor e/ou coautor de mais de meia centena de trabalhos técnicos: inventários, catálogos, artigos, comunicações e recensões críticas nas áreas biblioteconômica, arquivística e da história do livro e das bibliotecas. Consultor do ciberdúvidas da língua portuguesa (desde 2010).

Downloads

Publicado

2017-05-09

Como Citar

Barata, P. J., Ochôa, P., Galvão, R., Batalha, V., & Pinto, L. G. (2017). Modernização administrativa em Portugal e o futuro das Bibliotecas da Administração Central do Estado: o debate em curso. Encontros Bibli: Revista eletrônica De Biblioteconomia E Ciência Da informação, 22(49), 142-157. https://doi.org/10.5007/1518-2924.2017v22n49p142

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.