Empoderamento e protagonismo social no setor de referência de bibliotecas universitárias

Maria Giovanna Guedes Farias, Daysene de Araujo Costa

Resumo


Apresenta resultados de pesquisa realizada com bibliotecários que atuam no setor de referência de bibliotecas universitárias. Objetiva analisar se esses profissionais apresentam indícios de empoderamento e estágios do protagonismo social no seu labor, mecanismos que podem colaborar para o desenvolvimento de estratégias que levem o bibliotecário a uma maior participação nas questões sociais, relativas à profissão, interação e comunicação com os usuários. Para tal, utilizou-se como metodologia a abordagem qualitativa, o método de pesquisa participante, questionários e entrevista para coleta de dados, os quais foram analisados pela técnica de análise de conteúdo. Os resultados demonstram que há nos sujeitos da pesquisa indícios do empoderamento e do protagonismo social nas ações no setor de referência junto aos usuários, a exemplo de: analisar a questão de pesquisa inicial do usuário, visando inserir de dados à pergunta e sugerindo aos usuários informações adicionais resultantes das pesquisas. Conclui que o bibliotecário, ao se empoderar das informações que necessita, pode alcançar estágios do protagonismo social, como o estágio do trabalho, se tornando um agente transformador da realidade profissional em que atua, incentivando os usuários a se tornarem autônomos no acesso e uso da informação, reconhecendo o valor desta para sua formação. 


Palavras-chave


Empoderamento; Protagonismo social; Bibliotecários; Setor de referência; Bibliotecas universitárias

Texto completo:

PDF/A

Referências


ABEN (Associação Brasileira de Enfermagem). Protagonismo da enfermagem no processo de cuidar. SEMANA BRASILEIRA DE ENFERMAGEM, 75. Caderno de Dicas, 2014. Brasília, (DF). Disponível em: http://www.abennacional.org.br/download/dicas2014.pdf

Acesso em: 20 Abr. 2016.

BAQUERO, Rute Vivian Angelo. Empoderamento: instrumento de emancipação social?- Uma discussão conceitual. REVISTA DEBATES, Porto Alegre, v. 6, n. 1, p.173-187, jan.-abr. 2012. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/index.php/debates/article/view/26722/17099

Acesso em: 11 ago. 2015.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Tradução: Luís Antero reto e Augusto Pinheiro. Edição e revista atualizada. Lisboa: Edições 70, LDA, 2009.

BORGES, Eduardo César; OLIVEIRA, Nivaldo. O perfil do bibliotecário de referência do centro-oeste mineiro: a importância da qualificação profissional. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 16., 2010, Rio de Janeiro. Anais...Rio de Janeiro, 2010. P. 1-12. Disponível em: http://repositorio.ufla.br/handle/1/317

CUNHA, Murilo Bastos da. Para saber mais: fontes de informação em ciência e tecnologia. Brasília: Briquet de Lemos/ Livros, 2001. 168 p.

FARIAS, Maria Giovanna Guedes. Mediação e competência em informação: proposições para a construção de um perfil de bibliotecário protagonista. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, Ribeirão Preto, v. 6, n. 2, p. 106-125, set./2015.

GROGAN, Denis. A prática do serviço de referência. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 1995.

HAMMERSCHMIDT, Karina Silveira de Almeida; LENARDT, Maria Helena. Tecnologia educacional inovadora para o empoderamento junto a idosos com diabetes mellitus. Texto e contexto - Enfermagem., Florianópolis , v. 19, n. 2, p. 358-365, Junho/2010 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072010000200018&lng=en&nrm=iso .Acesso em 28 Ago. 2015.

KLEBA, Maria Elisabeth; WENDAUSEN, Agueda. Empoderamento: processo de fortalecimento dos sujeitos nos espaços de participação social e democratização política. Saúde e Sociedade, São Paulo , v. 18, n. 4, p. 733-743, dez./2009 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902009000400016&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 13 Ago. 2015

LE BOTERF, Guy. Pesquisa participante: propostas e reflexões metodológicas. In: BRANDÃO, Carlos Rodrigues. (Org.). Repensando a pesquisa participante. São Paulo: Editora Brasiliense, 1984. p. 51-81.

MACHADO, Marli; BLATTMANN, Ursula. A biblioteca universitária e sua relação com o projeto pedagógico de um curso de graduação. Biblos: Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informação, v.25, n.1, p.9-20, jan./jun. 2011. Disponível em: https://www.seer.furg.br/biblos/article/viewFile/1993/1223. Acesso em: 25 Ago.2015.

ODDONE, Nancy. O profissional da informação e a mediação dos processos cognitivos: a nova face de um antigo personagem. Informação e Sociedade: estudos, Paraíba, 1998. Disponível em: http://www.ies.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/425/346 . Acesso em: 05 out. 2015.

RIBEIRO, R. J. A.; VETTER, S, M. J. Perfil do Bibliotecário de referência em bibliotecas universitárias na sociedade digital. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSIÁRIAS, 15, 2008. São Paulo. Anais...São Paulo: CRUESP, 2008.

SANTOS, Jaires Oliveira. Competência em informação dos egressos do curso de Biblioteconomia: uma análise na região Nordeste do Brasil. 142 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal da Bahia, Instituto de Ciência da Informação, Salvador, 2015.

SOUSA, Margarida Maria de. A biblioteca universitária como ambiente de aprendizagem no ensino superior. 2009. 90 p. Dissertação (Mestrado em Cultura e Informação) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

TIMBÓ, Noeme Viana. O controle emocional do bibliotecário facilitando o processo de comunicação na entrevista de referência. Revista de Educação do Cogeime, São Paulo, n. 21, p. 83- 89, dez./2002. Disponível em: http://www.cogeime.org.br/revista/cap0721.pdf. Acesso em: 03 Jun. 2016.

VILLACORTA, Alberto Enrìquez; RODRÌGUEZ, Marcos. Metodologias e ferramentas para implementar estratégias de empoderamento. In:_____. Empoderamento e direitos no combate à pobreza. Rio de Janeiro: ActionAid Brasil, 2002. p. 45-66.




DOI: https://doi.org/10.5007/1518-2924.2017v22n50p1



Direitos autorais 2017 Maria Giovanna Guedes Farias, Daysene de Araujo Costa

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Enc. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1518-2924.

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 By  (mais informação)