Webometria e análise das menções web dos partidos políticos com representação no Senado Federal

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2018v23n53p174

Palavras-chave:

Webometria, Menção web, Correlação Linear, Partidos Políticos

Resumo

Apresenta a aplicação de técnica webométrica entre as conexões na web dos partidos políticos com representação no Senado Federal com o intuito de entender como se relaciona cada partido político na rede. Para tanto, a metodologia utilizada teve como abordagem o método quantitativo com a mensuração de cinco indicadores, no qual foram analisados o tamanho de site de cada partido político e a busca intercalada de dois partidos políticos de forma simples, por operador Booleano e por website com menção web. Entre os resultados verificou que todos os partidos políticos em estudo possuem conexões na web, que a busca com operador Booleano filtra mais páginas que uma busca simples. Em relação ao tamanho de site o PSDB é o que tem o maior número de páginas, assim como o que mais emite menções web dos demais partidos políticos. Ainda em relação aos resultados o coeficiente de Correlação Linear de Pearson apontou uma classificação muito forte para as variáveis Tamanho de site confrontada com Menções web recebidas e para Busca simples confrontada com Busca Booleana. Conclui-se que estudos entre recuperação da informação e webometria possuem correlação, assim como as conexões dos partidos políticos.

Biografia do Autor

Eduardo Silveira, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutorando em Ciência da Informação PGCIN/UFSC

Márcio Matias, Universidade Federal de Santa Catarina

Professor Adjunto

Departamento de Ciência da Informação

Centro de Ciências da Educação

Referências

ARAÚJO JÚNIOR, R. H. Precisão no processo de busca e recuperação da informação. Brasília: Thesaurus, 2007.

BARBETTA, P. A. Estatística. Aplicações às Ciências Sociais. Florianópolis: Editora UFSC, 2014.

LIM, Y. S.; PARK, H. W. How do congressional members appear on the web? Tracking the web visibility of South Korean politicians. Government Information Quarterly, v. 28, n. 4, p. 514-521, 2011.

LIM, Y. S.; PARK, H. W. The structural relationship between politicians' web visibility and political finance networks: a case study of South Korea's National Assembly members. New Media & Society, v. 15, n. 1, p. 93-108, feb. 2013.

MUKHERJEE, B. Link analysis of Indian political parties’ web sites: a temporal comparison. Annals of Library and Information Studies, v. 56, p. 201-211, 2009.

ORDUÑA-MALEA, E.; AGUILO, I. F. Cibermetría: Midiendo el espacio red. Barcelona: Editora UOC, 2014.

ROMERO-FRÍAS, E.; VAUGHAN, L. Exploring the relationships between media and political parties through web hyperlink analysis: the case of Spain. Journal of the American Society for Information Science and Technology, v. 63, n. 5, p. 967-976, 2012.

SENADO FEDERAL. Senadores. Disponível em: <http://www25.senado.leg.br/web/senadores/em-exercicio>. Acesso em: 10 dez. 2017.

TODA POLÍTICA. Como funciona uma coligação partidária. 2015. Disponível em: <https://www.todapolitica.com/como-funciona-uma-coligacao-partidaria/>. Acesso em: 12 dez. 2017.

Downloads

Publicado

2018-09-06

Como Citar

Silveira, E., & Matias, M. (2018). Webometria e análise das menções web dos partidos políticos com representação no Senado Federal. Encontros Bibli: Revista eletrônica De Biblioteconomia E Ciência Da informação, 23(53), 174-183. https://doi.org/10.5007/1518-2924.2018v23n53p174