Aspectos de inovação na implantação de um centro de digitalização e gestão de dados da pesquisa

Rafael Port da Rocha, Sonia Caregnato, Rene Faustino Gabriel Junior

Resumo


Objetiva prover serviços de curadoria e gestão de dados da pesquisa com inovação em P&D a um centro de digitalização e gestão de dados da pesquisa. Caracteriza o ecossistema de P&D em gestão e curadoria de dados da pesquisa, e observa os tipos de processos de inovação que casam com características desse ecossistema. Propõe e cria um ambiente de inovação para o centro, desenvolvendo uma ferramenta fundamentada em trabalho colaborativo, corpos de conhecimento e processos de inovação. Apresenta resultados obtidos a partir do uso do ambiente.


Palavras-chave


Inovação; Dados da Pesquisa; Curadoria Digital; Colaboração; Ciência da Informação

Texto completo:

PDF/A

Referências


BECKER, C. et al. Systematic planning for digital preservation: evaluating potential strategies and building preservation plans. International Journal on Digital Libraries, v. 10, n. 4, p. 133-157, 2009.

BLAKE, J. Ten Quick Tips for Using the Gene Ontology. PLoS Computational Biology, v. 11, 2013.

BRASIL. Lei n° 13.243, de 11 de janeiro de 2016, dispõe sobre estímulos ao desenvolvimento científico, à pesquisa, à capacitação científica e tecnológica e à inovação e altera outras leis. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, janeiro 2016.

BRASIL. Lei n.º 10.973, de 2 de dezembro de 2004. Dispõe sobre incentivos à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 3 dez. 2014.

CALIFORNIA DIGITAL LIBRARY. UC3 Curation Foundations. 2010.

CARLSON, J. The use of Lifecycle Models in developing and supporting data services. In RAY, Joyce M. (Ed.). Research data management: Practical strategies for information professionals. Purdue: University Press, 2014.

CHESBROUGH, H. Open innovation: a new paradigm for understanding industrial innovation. In CHESSBROUGH, H.; VANHAVERBEKE, W.; WEST, J. (Eds). Open Innovation: Researching a New Paradigm. Oxford: Oxford University Press, 2006.

CONSULTATIVE COMMITTEE FOR SPACE DATA SYSTEMS. Reference model for an Open Archival Information System (OAIS): recommended practice. Washington, DC: CCSDS, 2012.

DAPPERT, A; FARQUHAR, A. Modelling organizational preservation goals to guide digital preservation. International Journal of Digital Curation, v. 4, n. 2, p. 119-134, 2009.

FUKS, H.; et al. The 3C Collaboration Model. In: KOCK, N et ali. The Encyclopedia of E-Collaboration. Hershey:Information Science, 2007.

GANZER, et al. Modelo de processo tecnológico: uma evolução histórica de modelo linear para modelo interativo. Gestão Contemporânea, Porto Alegre, n. 16, 2014.

HIGGINS, S. The DCC curation lifecycle model. International Journal of Digital Curation, v. 3, n. 1, p. 134-140, 2008.

LORD, Philip; MACDONALD, Alison. e-Science Curation Report: Data curation for e-Science in the UK: an audit to establish requirements for future curation and provision. 2003. Disponível em: . Acesso em: 17 jul. 2013.

NATIONAL SCIENCE FOUNDATION. Proposal and Award Policies and Procedures Guide. 2012. Disponível em: . Acesso em: 17 jul. 2013.

ÖREN, T. Toward the body of knowledge of modeling and simulation. In: INTERSERVICE/INDUSTRY TRAINING, SIMULATION, AND EDUCATION CONFERENCE, 2005, Flórida. Proceedings… Flórida, 2005.

PAVÃO, C.; CAREGNATO, C.; ROCHA, R. Implementação da preservação digital em repositórios: conhecimento e práticas. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, v. 14, n. 3, 2016.

ROCHA, R. Um sistema baseado na construção coletiva de em corpo de conhecimento para apoiar as atividades de um centro de digitalização. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 17., 2016, Salvador. Anais… Salvador: UFBA, 2016.

ROTHWELL, R. Towards the fifth-generation innovation process. International marketing review, v. 11, n. 1, p. 7-31, 1994.

SALLANS, A; DONNELLY, M. DMP Online and DMPTool: different strategies towards a shared goal. International Journal of Digital Curation, v. 7, n. 2, p. 123-129, 2012.

SMITH, B. et al. Basic Fomal Ontology 2.0: draft specification and user’s guide. Saarbrücken, Germany: IFOMIS, 2014. Disponível em:. Acesso em: 17 jul. 2013.

UK DATA SERVIÇE. Research data lifecycle. 2017. Disponível em: . Acesso em: 15 nov. 2017.

VÖLKEL, M., et al. Semantic wikipedia. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON WORLD WIDE WEB, 15., 2006, New York. Proceedings... New York: ACM, 2006.

WHYTE, A., TEDDS, J. Making the Case for Research Data Management. DCC Briefing Papers. Edinburgh: Digital Curation Centre. 2011. Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2017.




DOI: https://doi.org/10.5007/1518-2924.2018v23nespp1



Direitos autorais 2018 Rafael Port da Rocha, Sonia Caregnato, Rene Faustino Gabriel Junior

Enc. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1518-2924.

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 By  (mais informação)