Estruturas de Representação da Informação e seu apoio à Arquitetura da Informação na web: um olhar sobre vocabulários controlados, tesauros e metadados

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2019v24n54p38

Palavras-chave:

Organização da Informação, Representação da Informação, Ambientes Digitais

Resumo

Na perspectiva da sociedade contemporânea, com as inovações tecnológicas e a explosão informacional, uma grande mudança ocorreu nos processos de produção, armazenamento, recuperação e disseminação de informações em âmbito mundial. Com a internet e a web, a informação a cada dia ganha mais destaque e valor. Com isso, novas preocupações surgem concernentes à Representação da Informação em ambientes digitais. Despontam no cenário da Ciência da Informação e em outras áreas, o desafio de organizar e facilitar o uso da informação relevante em meio a uma infinita gama de conteúdos lançados na internet diariamente. Com o presente estudo, por meio de uma revisão bibliográfica, foi possível conhecer características das estruturas de representação da informação e de sua aplicação na web. Os resultados apontaram que as técnicas de controles de vocabulários, os tesauros e os metadados, já comumente usados por profissionais da informação, passaram a fazer parte da arquitetura de websites, contribuindo para a organização da informação em ambientes digitais.

Biografia do Autor

Luciana Dumer, Universidade Federal da Paraíba

Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Mestranda do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI/UFPB)

Marckson Roberto Ferreira de Sousa, Universidade Federal da Paraíba

Doutor em Engenharia Elétrica na área de Processamento da Informação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB).
Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI/UFPB) e
Programa de Pós-Graduação em Gestão nas Organizações Aprendentes (MPGOA/UFPB).

Maria Elizabeth Baltar Carneiro de Albuquerque, Universidade Federal da Paraíba

Doutora em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Professora do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI/UFPB).

Referências

ASSUMPÇÃO, Fabrício Silva; SANTOS, Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa. Metadata Authority Description Schema (MADS): uma alternativa à utilização do formato MARC 21 para dados de autoridade. Inf. Inf., Londrina, v. 18, n.1, p. 106 – 126, jan./abr. 2013. Disponível em: <http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/12293/pdf>. Acesso em: 13 ago. 2017.

ASSUMPÇÃO, Fabrício Silva; SANTOS, Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa. Representação no domínio bibliográfico: um olhar sobre os Formatos MARC 21. Perspectivas em Ciência da Informação, v.20, n.1, p.54-74, jan./mar. 2015. Disponível em: <http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/2054>. Acesso em: 13 ago. 2017.

CAMPOS, Maria Luiza de Almeida. Linguagem Documentária: teorias que fundamentam sua elaboração. Rio de Janeiro: EdUFF, 2001.

CASTRO, Fabiano Ferreira de; SANTOS, Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa. Os metadados como instrumentos tecnológicos na padronização e potencialização dos recursos informacionais no âmbito das bibliotecas digitais na era da web semântica. Inf. & Soc.: Est., João Pessoa, v.17, n.2, p.13-19, maio/ago. 2007. Disponível em: <http://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/840/1442>. Acesso em: 05 ago. 2017.

CASTRO, Fabiano Ferreira de; SANTOS, Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa. Elementos de interoperabilidade na perspectiva da catalogação descritiva. Inf. & Soc.: Est., João Pessoa, v.24, n.3, p. 13-25, set./dez. 2014. Disponível em: <http://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/16660>. Acesso em: 05 ago. 2017.

CATARINO, Maria Elisabete; CERVANTES, Brígida Maria Nogueira; ANDRADE, Ilza Almeida de. A representação temática no contexto da web semântica. Inf. & Soc.: Est., João Pessoa, v.25, n.3, p. 105-116, set./dez. 2015. Disponível em: <http://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/16242/14531>. Acesso em: 05 ago. 2017.

CATARINO, Maria Elisabete; SOUZA, Terezinha Batista de. A representação descritiva no contexto da web semântica. TransInformação, Campinas, 24(2):77-90, maio/ago., 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-37862012000200001>. Acesso em: 20 ago. 2018.

CURRÁS, Emilia. Ontologies, Taxonomies and Thesauri in Systems Science and Systematics. Oxford: Chandos Publishing, 2010. 133 p.

DODEBEI, Vera Lucia Doyle. Tesauro: linguagem de representação da memória documentária. Rio de Janeiro: Interciência, 2002. 120 p.

DUARTE, Elizabeth Andrade. Classificação facetada: um olhar sobre a construção de estruturas semânticas. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v.7, n. 2, p. 46-58, jan./jun. 2010. Disponível em: <https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/1956>. Acesso em: 06 ago. 2017.

FERREIRA, Luciene da Costa; ALBUQUERQUE, Maria Elizabeth Baltar Carneiro de. A representação da informação para a organização do acervo em bibliotecas universitárias. In: ALBUQUERQUE, Maria Elizabeth Baltar Carneiro de et al (Org.). Representação da informação: um universo multifacetado. João Pessoa: Editora da UFPB, 2013. Cap.1. p.15-28.

GARRET, Jesse James. The elements of user experience: user-centered design for the web and beyond. 2. ed. Berkeley, CA: News Riders, 2011.

GOMES, Hagar Espanha (Coord.). Instituto brasileiro de informação em ciência e tecnologia – IBICT. Diretrizes para elaboração de tesauros monolíngues. Brasília: IBICT, 1984. 70 p.

GOMES, Henriette Ferreira; SANTOS, Raquel do Rosário. Representação e organização da informação científica como ações de mediação implícita: compromisso da biblioteca universitária com o ethos da ciência e a afiliação acadêmica. In: ALBUQUERQUE, M. E. B. C. et al. (Org.). Representação da informação: um universo multifacetado. João Pessoa: Editora da UFPB, 2013.

GRINGS, Luciana. Controle de autoridades na Biblioteca Nacional do Brasil: breve histórico e práticas atuais. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo, v. 11, n. 2, p. 139-154, jul./dez. 2015. Disponível em: <https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/433>. Acesso em: 06 ago. 2017.

LANCASTER, Frederick Wilfrid. Construção e uso de tesauros: curso condensado. Brasília: IBICT, 1987.

LIMA, Fábio Rogério Batista; SANTOS, Plácida Leopoldina V. A. C.; SANTARÉM SEGUNDO, José Eduardo. Padrão de metadados no domínio museológico. Perspectivas em Ciência da Informação, v.21, n.3, p.50-69, jul./set. 2016. Disponível em: <http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/2639>. Acesso em: 06 ago. 2017.

LIMA, Gercina Ângela de; MACULAN, Benildes Coura Moreira dos Santos. Estudo comparativo das estruturas semânticas em diferentes sistemas de organização do conhecimento. Ciência da Informação, [S.l.], v. 46, n. 1, dez. 2017. Disponível em: <http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/4014>. Acesso em: 06 jul. 2018.

MAIA, Manuela Eugênio et al. Análise sobre sistemas de busca na perspectiva da arquitetura da informação em ambiente de cordéis. Biblos: Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informação, v. 29, n.2, 2015. Disponível em: <https://www.seer.furg.br/biblos/article/view/5506>. Acesso em: 05 ago. 2017.

ROSENFELD, Louis; MORVILLE, Peter; ARANGO, Jorge. Information architecture for the web and beyond. 4. ed. Sebastopol, CA: O’Relly Media, 2015.

SILVA, Márcio Bezerra da; NEVES, Dulce Amélia de Brito. A aplicação da teoria facetada em banco de dados, através da modelagem conceitual. In: ALBUQUERQUE, Maria Elizabeth Baltar Carneiro de et al (Org.). Representação da informação: um universo multifacetado. João Pessoa: Editora da UFPB, 2013. p.237-262.

SILVA, Maria Amélia Teixeira da; DIAS, Guilherme Ataíde; SOUSA, Marckson Roberto Ferreira de. Arquitetura da informação em ambientes informacionais: uma epistemologia sob a perspectiva de Paul Otlet. In: MOTA, Ana Roberta Sousa et al (Org.). Versados em Ciência da Informação. João Pessoa: Imprell, 2014. Cap. 11. p. 229-248.

SILVA, Zayr Claudio Gomes da; SOUZA, Edivanio Duarte de. Indicadores da produção colaborativa na arquitetura da informação. Rev. Digit. Bibliotecon. Cienc. Inf. Campinas, SP, v.15, n.2, p. 368-388, maio/ago 2017. Disponível em: <https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8647357>. Acesso em: 17 ago. 2017.

SOUSA, Marckson Roberto Ferreira de. O acesso a informações e a contribuição da arquitetura da informação, usabilidade e acessibilidade. Inf. & Soc.: Est., João Pessoa, v.22, p. 65-76, Número Especial 2012. Disponível em: . Acesso em: 27 ago. 2018.

UNESCO. Diretrizes para o estabelecimento e desenvolvimento de tesauros monolíngues. [2ª ed. rev. por Derek Austin e Peter Dale]; traduzido por Bianca Amaro de Meto e revisto por Lígia Maria Café de Miranda. Brasília: IBICT/SENAI, 1993. 86 p.

Downloads

Publicado

2019-01-04