Necessidades de informação: uma análise sociocognitiva

Nadi Helena Presser, Mitsuo André Vieira Fukahori

Resumo


Apresenta-se uma análise sociocognitiva de investigação das necessidades de informação que surgem das diferentes tarefas que os coordenadores de pós-graduação assumem no seu trabalho. O contexto da regulação, objeto da pesquisa, se constituiu no ambiente social no qual as informações são produzidas e usadas. O estudo do documento da área das Ciências Sociais Aplicadas I se constituiu como a base empírica da pesquisa. Constatou-se que as necessidades de informação que surgem do conjunto de tarefas que estão no centro da regulação são conformadas nas comunidades acadêmicas. Ao mesmo tempo em que produzem resultados complexos, muitas tarefas podem ser decompostas em elementos compreensíveis e as necessidades de informação identificadas.


Palavras-chave


Necessidades de informação; Análise sociocognitiva; Complexidade das tarefas; Pós-Graduação; Regulação.

Texto completo:

PDF-A


DOI: https://doi.org/10.5007/1518-2924.2012v17n35p27



Direitos autorais 2012 Nadi Helena Presser, Mitsuo André Vieira Fukahori

Enc. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1518-2924.

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 By  (mais informação)