Inteligência de negócios em instituições de ciência, tecnologia e inovação (ICTIs): análise da produção científica

Autores

  • Alexandre Lucas Universidade Federal de Santa Catarina

Resumo

Inteligência de Negócios (IN) ou Business Intelligence (BI) tem apoiado empresas ao redor do mundo na obtenção de vantagens competitivas. Considerando Inteligência de Negócios um termo contemporâneo para se referir a um conjunto de tecnologias de informação (plataformas, aplicações e processos), que visa facilitar a tomada de decisões em todos os níveis, é possível analisar o seu potencial no âmbito das atividades de P&D e em Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICTIs) que são importantes atores no processo de P&D e Inovação.2-O objetivo deste trabalho foi investigar na literatura científica (nacional e internacional) os temas que registrem aspectos relacionados a Inteligência de Negócios (IN) que possam ser operados em ICTIs, e tendo como objetivos específicos: a) Levantar os artigos, teses e dissertações produzidos e disponíveis até agosto de 2014 que tratem de IN em ICTIs; b) Identificar e categorizar elementos ou dimensões que que contribuem para um IN de uma ICTI; c) Descrever os elementos ou dimensões que contribuem para um IN de uma ICTI ressaltando os pontos para o processo de inovação científica e tecnológica; d) Caracterizar a utilização da mineração de textos não estruturados em um sistema de IN. O referencial teórico analisa a Ciência da Informação (CI), a Inteligência de Negócios (IN) e os Institutos de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICTIs). Como procedimento metodológico utiliza a pesquisa bibliográfica de caráter exploratório que emprega a técnica de análise de documental. Um estudo específico foi dedicado a mineração de textos em aplicações de pesquisa e desenvolvimento (P&D) e apoia a utilização de Mineração de Textos por ICTIs independentes de um sistema de IN. Como sugestão de trabalhos futuros propõe-se o desenvolvimento de um modelo de IN para ICTIs, o aprofundamento e sistematização de pesquisas na Ciência da Informação sobre os novos fenômenos e tecnologias informacionais bem como a necessidade de desenvolvimento de ações, incluindo ontologia, buscando a redução da ambiguidade da utilização dos termos Inteligência de Negócios e Inteligência Competitiva.

Biografia do Autor

Alexandre Lucas, Universidade Federal de Santa Catarina

Atua como Pesquisador e Especialista no Centro de Metrologia e Instrumentação da Fundação CERTI,nas área de inteligência de negócios, inteligência competitiva, modelos de negócios, análise de mercados tecnológicos e industriais, CRM, gestão de operações, TIB e metrologia. Iniciou o doutorado (2015) no Programa de Pós Graduação da Ciência da Informação na UFSC (PGCIN) com o tema de Inteligência de Negócios para Organizações de P&D. Concluiu o mestrado, tendo defendido em Fev/2015, também no PGCIN, com a dissertação intitulada "Inteligência de Negócios em Instituições de Ciência, Tecnologia E Inovação (ICTI): Análise da Produção Científica. Possui especialização em Engenharia Industrial pela Universidade Regional de Blumenau (1999), graduação em Engenharia de Produção Mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (1996) e técnico mecânico pela Escola Técnica Federal de Santa Catarina (ETFSC) (1986), atualmente IFSC. Funcionário da empresa Zen S.A. (1996-2000), onde atuou em diversas atividades focadas para indústria metal-mecânica e automotiva. Já na CERTI participou de projetos de elaboração e implantação de nacionalização de fornecimento, otimização de processos e garantia de qualidade. Atuou também no desenvolvimento de nova estratégia de vendas e desenvolvimento de mercado na área de serviços tecnológicos incluindo a figura do agente de mercado, a e filosofia CRM (Customer Relationship Management), segmentação de mercados, análise e desenvolvimento de novos negócios. Possui experiência como técnico de calibração nas áreas de Força e Pressão, Medição por Coordenadas e Ensaios Geométricos em Máquinas Ferramentas, como engenheiro de Produção, Supervisor de Compras incluindo Comercio Exterior, Engenheiro de desenvolvimento em Garantia da Qualidade de Processos Industriais, como Agente de Mercado, TIB, CRM, Gestão e Sistemas de Inteligência de Negócios. Colaborador da CERTI nos períodos de 1987 a 1989, 1991 a 1994 e atualmente desde 2001. Foi gerente de operações do Centro de Referência em Metrologia e Instrumentação da Fundação CERTI (2012-2015).

Downloads

Publicado

2015-08-06

Como Citar

Lucas, A. (2015). Inteligência de negócios em instituições de ciência, tecnologia e inovação (ICTIs): análise da produção científica. ncontros ibli: vista eletrônica e iblioteconomia iência a informação, 20(43). ecuperado de https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/40064

Edição

Seção

Resumos de teses e dissertações