O museu como um espaço de pesquisa: proposta para descrição do acervo fotográfico histórico

Autores

  • Renata Cardozo Padilha Universidade Federal de Santa Catarina

Resumo

Muitos museus, detentores de acervo fotográfico histórico, apresentam uma organização que não atende plenamente às necessidades de informação do pesquisador cujo objeto de pesquisa é a fotografia histórica. Em vista disso, o objetivo geral dessa pesquisa é analisar a fotografia histórica como documento e fonte de pesquisa e formas de descrição desse tipo de acervo em museus para facilitar aos pesquisadores o acesso à informação nesse documento. Os objetivos específicos são: a) identificar características intrínsecas e extrínsecas de acervo fotográfico histórico, salvaguardados em museus, descritas na literatura; b) levantar os metadados usados para o tratamento documental de fotografias históricas, nos Museus da Imagem e do Som (MIS) situados no sul e sudeste do Brasil; c) interpretar os metadados adotados nos Museus da Imagem e do Som (MIS) tomando por base as características identificadas na literatura; d) propor um conjunto de metadados para a descrição de fotografias históricas salvaguardadas em acervos museológicos de modo a atender as necessidades informacionais do pesquisador do pesquisador do pesquisador. A primeira etapa da pesquisa (primeiro objetivo específico) se caracteriza como uma pesquisa documental de caráter exploratório que emprega a técnica de Análise de Conteúdo. Por meio desta etapa, pretendeu-se identificar estudos que analisassem as principais propriedades da fotografia, bem como os processos de sistemas de documentação museológica. Na segunda etapa (segundo objetivo específico), foi realizada uma análise documental das fichas de catalogação de acervos fotográficos históricos de quatro Museus de Imagem e o Som: Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro. A terceira etapa (terceiro objetivo específico) foi conduzida pela interpretação do que a literatura recomenda como relevante para a descrição de fotografias históricas e as fichas dos museus, sendo as duas etapas iniciais fundamentais para a realização desta terceira. A análise das fichas mostrou um panorama precário no que se refere aos metadados para descrição da fotografia histórica, especialmente quando se considera questões tão importantes e atuais como a interoperabilidade entre acervos. Dentre os problemas identificados, destacamos o baixo índice de metadados comuns presentes nas fichas e a incidência de nomeações diferentes para um mesmo metadado constante em várias fichas. O tratamento dos metadados tomando por base as características levantadas na literatura resultou em um conjunto de metadados para a descrição de acervo fotográfico histórico de modo a atender as expectativas de recuperação pelo pesquisador no espaço museológico. Espera-se que a presente pesquisa tenha contribuído para que os museus venham ocupar cada vez mais seu papel como entidades de pesquisa, por meio da organização do seu acervo, da valorização dos objetos enquanto fonte de informação e da interoperabilidade semântica e institucional. Conclui-se que a fotografia histórica é uma fonte de informação para a pesquisa científica, muitas vezes preservadas nos museus, e que para tanto deve ser descrita de forma que atenda o previsto pelo sistema de documentação museológica que visa identificar às características informacionais intrínsecas e extrínsecas do objeto museológico.

Biografia do Autor

Renata Cardozo Padilha, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2014). Graduada em Museologia pela Universidade Federal de Pelotas (2011). Foi professora substituta (2012/2 - 2013/1) do Curso de Graduação em Museologia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência nas áreas de Museologia e Ciência da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: museus, documentação museológica, gestão de acervos, sistematização e disponibilização de acervos, ação educativa, expografia, acervo fotográfico e memória. Em 2009/2 a 2010/1 realizou Mobilidade Acadêmica na cidade de Évora, Portugal, através do Programa de Bolsas Luso-Brasileiras Santander Universidades. Atualmente é membro do grupo de pesquisa do Núcleo de Estudos em Informação e Mediações Comunicacionais Contemporâneas (NEIMCOC).

Downloads

Publicado

2015-08-06

Como Citar

PADILHA, . C. O museu como um espaço de pesquisa: proposta para descrição do acervo fotográfico histórico. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 20, n. 43, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/40087. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Resumos de teses e dissertações