Editorial, n. 23, 2007

Autores

  • Editor Encontros Bibli

Resumo

EDITORIAL SUPERAÇÃO E AVANÇO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO Fazemos o caminho, por sabermos como fazê-lo ou adquirimos o conhecimento de como fazê-lo enquanto o fazemos? Esta é a questão que eternamente está posta valendo muito a pena ser sempre lembrada, e não necessariamente ser resolvida. Nela estão contidas duas faces humanas: a do sujeito que pretende ter o domínio do saber e a daquele para quem o saber é um universo a ser continuamente explorado. Para todas as correntes filosóficas, para todas as vertentes científicas, presumivelmente, não há o saber dominado, em extremo, pois o saber já conquistado é tão somente a base para a construção de um saber novo, ou seja, há o reconhecimento de que não se produziu ainda o saber último. Um dos pilares, tanto da consciência científica quanto da racionalidade filosófica, é o ceticismo que leva à noção da falibilidade do arcabouço teórico construído em qualquer campo do conhecimento humano. Ao contrário das grandes doutrinas religiosas, que se estabelecem como o saber último, a ciência e a filosofia são, por definição, saberes inacabados. Se não o fossem desnecessário seriam os investimentos na construção do conhecimento, sempre cumulativo e de algum modo feito com a intenção de melhor suprir o desenvolvimento dos instrumentos que tornam a vida humana menos dramática e das explicações e racionalizações que tornam a vida material mais suportável. É nesse universo em exploração que estão inseridas as pesquisas nos amplos domínios da Ciência da Informação que, por ser um campo de inserção social, necessita produzir explicações para fatos e formas da comunicação humana, majoritariamente, de natureza científica, técnica e tecnológica e, assim, laborar pela superação do que precariamente já se sabe para o que se pode saber melhor e, por isso, buscando produzir avanços. Mais uma vez, Encontros Bibli traz para a comunidade de Ciência da Informação uma edição recheada dos resultados da reflexão de pesquisadores e de executivos profissionais que militam na Ciência da Informação no Brasil e no exterior, para que, sendo lidos e conhecidos, possam gerar novas reflexões que produzam outros resultados a serem publicados, tanto em Encontros Bibli quanto nos outros veículos de comunicação científica da Ciência da Informação, em âmbito brasileiro e internacional. Os doze textos que compõem esta edição recobrem vários temas da maior relevância. Alguns desses textos são decorrentes de pesquisa empírica e outros são resultantes de reflexão qualificada de seus autores. Para este fascículo 23 dezenove originais foram avaliados por trinta e seis consultores, que atestam, segundo suas leituras, “pelo critério de revisão cega”, a qualidade do conteúdo que compõe a edição ora apresentada. Mais uma vez, ressaltamos que essa colaboração, de alto nível, é que pode situar, como apreciação coletiva, os passos necessários para que a superação e avanço vão sendo construídos, o que não quer dizer que seja uma construção linear e em sentido único, por ser impossível para o ser humano, tão caótico e imperfeito como nenhum outro, assim fazê-lo. Por fim, e como sempre, desejamos a cada um(a) uma excelente leitura! Prof. Francisco das Chagas de Souza – Editor chagas@cin.ufsc.br ou bibli@cin.ufsc.br Departamento de Ciência da Informação Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação Universidade Federal de Santa Catarina Brasil Florianópolis, Ilha de Santa Catarina, abril de 2007.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Editor Encontros Bibli

Editor Geral da Encontros Bibli

Downloads

Publicado

2007-12-13

Como Citar

ENCONTROS BIBLI, Editor. Editorial, n. 23, 2007. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 12, n. 23, p. i, 2007. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/453. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Editorial

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >>