Estudo de Usuário: necessidades informacionais de empresas contratantes de pesquisas de mercado

Frederico Cesar Mafra Pereira, Ricardo Vinícius Dias Jordão, Maria Carolina Cunha Netto, Leonora da Cunha Duarte

Resumo


Este trabalho tem como objetivo principal compreender o motivo de empresas utilizarem pesquisas de mercado como fonte de informação para seus negócios, estabelecendo uma comparação entre o que elas buscam ao solicitar uma pesquisa e o uso efetivo das informações recebidas. A principal abordagem metodológica se baseou no ‘Modelo para identificação das necessidades, busca e uso da informação’ (MAFRA PEREIRA, 2010), e a partir dele foi elaborado um roteiro para realização de entrevistas com clientes de um instituto de pesquisa sediado em Belo Horizonte (MG). Os resultados mostraram a aplicabilidade do modelo, sendo identificadas as necessidades informacionais, as lacunas de informação e o efetivo uso da informação nos seus respectivos contextos organizacionais; além dos procedimentos metodológicos adotados para a realização e análise dos resultados alcançados.

Palavras-chave


Estudo de Usuário; Pesquisa de Mercado; Comportamento Informacional; Necessidades; Busca e Uso da Informação

Texto completo:

PDF/A

Referências


ARAÚJO, C.A.A. Estudos de usuários: pluralidade teórica, diversidade de objetos. Comunicação oral apresentada ao GT03 – Mediação, Circulação e Uso da Informação do IX ENANCIB. In: Anais do IX ENANCIB, 2008.

ARAÚJO, C.A.A. Um mapa dos estudos de usuários da informação no Brasil. Em Questão, Porto Alegre, v.15, n.1, p.11-26, jan./jun., 2009.

ARAÚJO, C.A.A. Estudos de usuários conforme o paradigma social da ciência da informação: desafios teóricos e práticos de pesquisa. Informação & Informação, Londrina, v.15, n.2, p.23-39, jul./dez. 2010.

BAPTISTA, S.G.; CUNHA, M.B. Estudo de usuários: visão global dos métodos de coleta de dados. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.12, n.2, p.168-184, 2007.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2006.

CHOO, C.W. The knowing organization: how organizations use information to construct meaning, create knowledge, and make decisions. 2a edição. New York: Oxford University Press, 2006.

COSTA, L.F.; SILVA, A.C.P.; RAMALHO, F.A. Para além dos estudos de uso da informação arquivística: a questão da acessibilidade. Ciência da Informação, v.39, n.2, p.129-143, 2010.

CUNHA, M.B. Metodologias para estudo dos usuários de informação científica e tecnológica. Revista de Biblioteconomia de Brasília, Brasília, v.10, n.2, p.5-20, 1982.

DERVIN, B. From the mind’s eye of the user: the Sense-Making qualitative-quantitative methodology. In GLAZIER, J. D.; POWELL, R.R. (Orgs.). Qualitative Research in Information Management. Englewood: Libraries Unlimited, p.61-84, 1992.

FERREIRA, S.M.S.P. Novos paradigmas e novos usuários de informação. Ciência da Informação, Brasília, v.25, n.2, maio/ago. 1995.

FIGUEIREDO, N.M. Estudos de uso e usuários da informação. Brasília, IBICT, 1994.

FLANAGAN, J.C. The critical incident technique. Psychological Bulletin, American Institute for Research and University of Pittsburgh, v.51, n.4, p.327-358, 1954.

GASQUE, K.C.G.D.; COSTA, S.M.S. Evolução teórico-metodológica dos estudos de comportamento informacional de usuários. Ciência da Informação, Brasília, v.39, n. 1, p.21-32, 2010.

KUHLTHAU, C.C. Inside the Search Process: Information Seeking from the User’s Perspective. Journal of the American Society for Information Science, v.42, n.5, p.361-371, 1991.

LAGE, S.R.M.; SANTANA, P.; BARTALO, L.; ARAÚJO, C.A.A. O Comportamento Informacional no Estágio Curricular. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação (RDBCI), Campinas, SP, v.12, n.1, p.101-122, jan.abr., 2014.

MAFRA PEREIRA, F.C. Necessidades e usos da informação: a influência dos fatores cognitivos, emocionais e situacionais no comportamento informacional de gerentes. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.15, n.3, p.176-194, 2010.

MAFRA PEREIRA, F.C. Comportamento Informacional na Tomada de Decisão: Proposta de Modelo Integrativo. 2011, 231 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais (ECI/UFMG), 2011.

MAFRA PEREIRA, F.C. Modelo Integrativo sobre Comportamento Informacional em Processos Decisórios. Faces Journal: Revista de Administração, Belo Horizonte, v.15, n.3, p.27-49, 2016.

MALHOTRA, N. Pesquisa de Marketing: uma orientação aplicada. 3a edição. Porto Alegre, Bookman, 2001.

MANABE, V.M.M.L.; LIMA, L.M.A; BARTALO, L.; CONTANI, M.L. Comportamento informacional de ingressantes e concluintes de um curso superior. Encontros Bibli, Florianópolis, v.19, n.40, p.41-58, mai./ago., 2014.

MARTINS, S.C. Gestão da Informação: estudo comparativo de modelos sob a ótica integrativa dos recursos de informação. 2014, 182 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal Fluminense, 2014.

MONTEIRO, S.A. Indicadores de qualidade para avaliação dos processos de gestão da informação. 2015, 159 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal da Paraíba, 2015.

NASCIMENTO, L.M.M.: TOMAÉL, M.I. Informação para Tomada de Decisão em Processo Licitatório para contratação de obras de Engenharia na UEL. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, João Pessoa, v.2, n.2, p.82-96, jul./dez. 2012.

PESSOA, C.R.M.; ERICHSEN, M.N.; BARACHO, R.M.A.; JAMIL, G.L. Information Architecture: case study. In: JAMIL, G.L. (Org.). Handbook of Research on Information Architecture and Management in Modern Organizations. IGI Global, p.424-438, 2015.

PRADO, M.A.R. Reflexions on the Semiotic Articulation of Information: Conceptual Analysis Demonstration in Information Science. Athens: ATINER'S Conference Paper Series, No: LIB2015-1911, 2016.

RAMALHO, F.; HAMAD, H.; GUIMARÃES, I.J.B. Comportamento Informacional dos Discentes Deficientes Visuais da Universidade Federal da Paraíba-UFPB. Informação & Informação, Londrina, v.21, n.1, p.230–256, jan./abr. 2016.

RICHARDSON, R.J. Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 1999.

SANTOS, A.S.; TARCIA, R.M.L. El papel de las bibliotecas virtuales em ciencias de la salud: desarrollo de competencia informacional para investigadores y profeisionales. In: 2o Congresso Nacional de Bibliotecas em Ciencias de la Salud. Anais…, 2014.

SMITH, M.E.; THORPE, R.; LOWE, A. Pesquisa gerencial em administração: um guia para monografias, dissertações, pesquisas internas e trabalhos em consultoria. São Paulo: Atlas, 1999.

TAYLOR, R.S. Value-Added Processes in Information Systems. Norwood: Ablex Publishing, 1986.

TAYLOR, R.S. Information Use Environments. In: DERVIN, B.; VOIGT, M.J. (Orgs.). Progress in Communication Science. Norwood: Ablex Publishing, p.217-255, 1991.

WILSON, T.D. Models in information behaviour research. Journal of Documentation, v.55, n.3, p.249-270, 1999.

WILSON, T.D. Human Information Behavior. Informing Science, v.3, n.2, p.49-54, 2000.

YAFUSHI, C.A.P. A Competência em Informação para a Construção de Conhecimento no Processo Decisório: estudo de caso na Duratex de Agudos (SP). 2015, 232 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista (UNESP), 2015.




DOI: https://doi.org/10.5007/1518-2924.2018v23n51p108



Direitos autorais 2017 Frederico Cesar Mafra Pereira, Ricardo Vinícius Dias Jordão, Maria Carolina Cunha Netto, Leonora da Cunha Duarte

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Enc. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1518-2924.

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 By  (mais informação)