O papel das bibliotecas no Linked Data

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2021.e75909

Palavras-chave:

Dados bibliográficos, Linked data, Representação de recursos, Web

Resumo

Objetivo: As bibliotecas possuem um papel importante na organização de recursos informacionais, sendo pioneiras no desenvolvimento de formatos e padrões que garantem a representação e recuperação desses recursos, e tem constantemente se atualizado para acompanhar os avanços tecnológicos, como o estabelecimento do ambiente Web e do Linked Data, um conjunto de práticas para a interligação de dados na Web. Nesse sentido, partindo do objetivo de analisar como pode ocorrer a cooperação entre os dados da biblioteca e o Linked Data, questiona-se: como garantir o compartilhamento efetivo de dados ente as bibliotecas e demais fontes de informação disponíveis no contexto do Linked Data

Métodos: Pautou-se em levantamento bibliográfico realizado na Base de Dados em Ciência da Informação (BRAPCI) e no Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e nos documentos oficiais do World Wide Web Consortium (W3C), responsável por acompanhar o desenvolvimento da Web e do Linked Data.

Resultados: Identificou-se que que as bibliotecas podem atuar em duas vertentes principais, a de publicadora e a de consumidora de dados, que podem ser realizadas de maneira independente e exigem tomadas de decisão distintas. Discutiu-se um conjunto de recomendações que pode auxiliar em ambos os papeis levando a um compartilhamento efetivo dos dados.  

Conclusões: Conclui-se que o conjunto de recomendações discutido atua como um norteador para a realização do compartilhamento de dados entre a Web e demais fontes disponibilizadas no contexto do Linked Data, mas que para garantir a efetividade desse compartilhamento, a comunidade envolvida com o domínio bibliográfico precisa estabelecer seus próprios critérios para a seleção de fontes de informação em Linked Data.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ananda Fernanda de Jesus, Universidade Federal de São Carlos

Mestranda em Ciência da Informação
Universidade Federal de São Carlos - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação,

Fabiano Ferreira de Castro, Universidade Federal de São Carlos

Doutor em Ciência da Informação

Universidade Federal de São Carlos - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação

Rogério Apareciso Sá Ramalho, Universidade Federal de São Carlos

Doutor em Ciência da Informação
Universidade Federal de São Carlos - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação

Referências

ARAKAKI, F. A. Linked data: ligação de dados bibliográficos. 2016. 144 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2016. Disponível em: http://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/147979/arakaki_fa_me_mar.pdf?sequence=2&isAllowed=y. Acesso em: 15 jul. 2020

ALVES, R. C. V. Metadados como elementos do processo de catalogação. 2010. 134 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2010. Disponível em: https://www.marilia.unesp.br/Home/Pos-Graduacao/CienciadaInformacao/Dissertacoes/alves_rachel.pdf. Acesso em: 15 jul. 2020

ALVES, R. C. V. Metadados editoriais e livreiros: algumas considerações e relações com os padrões de metadados do domínio bibliográfico. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 19, 2018, Londrina. Anais... . Londrina: Ancib, 2018. p. 5205 - 5219. Disponível em: http://enancib.marilia.unesp.br/index.php/XIXENANCIB/xixenancib/paper/viewFile/1574/1721. Acesso em: 15 jul. 2020

BERNERS-LEE, T. Linked data, 2006. Disponível em: https://www.w3.org/DesignIssues/LinkedData.html. Acesso em: 15 jul. 2020

BUSH, V. As we may think. Atlantic Monthly, [s.l] vol.176, n.1, p.101-108, 1945.

CASTRO, F. F.; JESUS, A. F. Adequando dados bibliográficos ao linked data: requisitos necessários, vantagens e desafios. Informação & Sociedade: Estudos, Paraíba, v. 28, n. 3, p.149-168, dez. 2018. Disponível em: http://www.periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/38288/pdf. Acesso em: 15 jul. 2020

CATARINO; M. E.; SOUZA, T. B. A representação descritiva no contexto da web semântica. TransInformação, Campinas, v. 2, n. 24, p. 77-90, maio-ago., 2012. Disponível em: http://periodicos.puccampinas.edu.br/seer/index.php/transinfo/article/view/766/746. Acesso em: 15 jul. 2020

DECLARAÇÃO dos Princípios Internacionais de Catalogação. 2016. 21 p. Tradução: Marcelo Votto Texeira. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/cataloguing/icp/icp_2016-pt.pdf. Acesso em: 15 jul. 2020

DIAS, C. A. Hipertexto: resumo histórico e efeitos sociais. Ci. Inf. Brasília, v. 28, n. 3, p. 269-277, dez 1999. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-19651999000300004&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 15 jul. 2020

GRÁCIO, J. C. A. Metadados para a descrição de recursos da internet: o padrão Dublin Core, aplicações e a questão da interoperabilidade. 2002. 127 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2002.

HEATH, T. T.; BIZER, C. Linked data: evolving the web into a global data space. Berlim: Morgan & Claypool, 2011. 136 p. Disponível em: http://linkeddatabook.com/editions/1.0/#htoc8. Acesso em: 15 jul. 2020

QUEIROZ, N. G.; ARAUJO, S. A. Catálogos on-line: um breve estudo dos catálogos on-line de acesso público (OPAC’S). Multiplos Olhares: em Ciência da Informação, [s.l.], v. 3, n. 2, p.1-10, jun. 2013. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/moci/issue/view/119. Acesso em: 24 jul. 2019.

SANTARÉM SEGUNDO, J. E.; SERRA, L. G. O catálogo da biblioteca e o linked data. em Questão, [s.l.], v. 23, n. 2, p.167-185, 26 abr. 2017. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/67162. Acesso em: 15 jul. 2020

SARACEVIC, T. Information Science. Encyclopedia Of Library And Information Sciences, [s.l.], v. 1, n. 1, p. 2570-2585, 7 dez. 2009. Disponível em: https://tefkos.comminfo.rutgers.edu/SaracevicInformationScienceELIS2009.pdf. Acesso em: 15 jul. 2020

SOUZA , E. F. J.; ALVES, K. A. Hipertexto: início, evolução, características. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 2, n. 14, p. 44-57, maio 2018. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/683. Acesso em: Acesso em: 15 jul. 2020

SMIT, J. A informação na Ciência da Informação. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, v. 3, n. 2, p. 84-101, 13 dez. 2012. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/incid/article/view/48655. Acesso em: 15 jul. 2020

LIMA, G. A. B. A transmissão do conhecimento através do tempo: da tradição oral ao hipertexto. Rev. Interam. Bibliot, Medellín , v. 30, n. 2, p. 275-285, dez 2007 . Disponível em: http://www.scielo.org.co/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0120-09762007000200013&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 15 jul. 2020

RAMALHO, R. A. S. Web semântica: aspectos interdisciplinares da gestão de recursos informacionais no âmbito da ciência da informação. 2006. 120 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Marília, 2006.

RAMALHO, R. A. S.; MARTINS, P. G. M.; SOUSA, J. L. Evolução das linguagens de marcação: um breve histórico à luz da área de ciência da informação. Informação@Profissões, v. 6, n. 2, p. 20-34, 2017. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/index.php/res/v/61470. Acesso em: 15 jul. 2020

RAMALHO, R. A. S.; SOUSA, J. L. Diretrizes para avaliação de sistemas de organização do conhecimento representados em skos. Informação & Informação, v. 24, n. 2, p. 126-138, 2019. Disponível em: 10.5433/1981-8920.2019v24n2p126. Acesso em: 15 jul. 2020

RAUTENBERG, Sandro et al. Guia prático para a publicação de dados abertos conectados na web. Curitiba: Appris, 2018. 280 p.

WERSIG, G. Information science: the study of postmodern knowledge usage. Information processing & Management, v. 29, n. 2, p. 229-239, 1993. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/030645739390006Y. Acesso em: 15 jul. 2020

W3C. Primer RDF. 2004. Disponível em: https://www.w3.org/TR/rdf-primer/#intro. Acesso em: Acesso em: 15 jul. 2020

W3C. Data on the Web Best Practices. 2017. Disponível em: https://www.w3.org/wiki/LinkedData. Acesso em: Acesso em: 15 jul. 2020

W3C. URIs, URLs e URNs: Clarifications and Recommendations 1.0. 2011. Disponível em: https://www.w3.org/TR/uri-clarification/. Acesso em: 15 jul. 2020

W3C. Data on the Web Best Practices: Dataset Usage Vocabulary. 2016. Disponível em: https://www.w3.org/TR/vocab-duv/. Acesso em: 24 jul. 2019.

W3C. Links in HTML documents. 2018. Disponível em: https://www.w3.org/TR/html401/cover.html#minitoc. Acesso em: 15 jul. 2020

W3C. Help and FAQ. 2019. Disponível em: https://www.w3.org/Help/#webinternet. Acesso em: 15 jul. 2020

W3C INCUBATOR GROUP. Library linked data incubator group: final report. 2011. [S.L.]. 19 p. Disponível em: https://www.w3.org/2005/Incubator/lld/. Acesso em: 15 jul. 2020

Publicado

2021-01-04

Como Citar

JESUS, Ananda Fernanda de; CASTRO, Fabiano Ferreira de; RAMALHO, Rogério Apareciso Sá. O papel das bibliotecas no Linked Data. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 26, p. 01–21, 2021. DOI: 10.5007/1518-2924.2021.e75909. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/75909. Acesso em: 17 abr. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.