Sistematização da obtenção de indicadores temáticos de informação científica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2023.e92070

Palavras-chave:

Estudos métricos da informação, Indexação automática, Indicadores temáticos, Bibliometria, Trajetória metodológica

Resumo

Objetivo: No contexto de desenvolvimento de estudos métricos da informação, este trabalho propõe e aplica um método para obtenção de indicadores temáticos sobre descritores representativos de temas, assuntos ou palavras-chave abordados em registros bibliográficos da área de Ciência da Informação.

Método: Realizou-se uma pesquisa metodológica de natureza aplicada, utilizando procedimentos técnicos da indexação automática e dos estudos métricos da informação. Inicialmente, delimitou-se um corpus contemplando um conjunto de registros bibliográficos referentes a 60 artigos de periódicos brasileiros. Posteriormente, aplicou-se o software Maui como sistema de indexação automática na categorização das palavras-chave dos registros bibliográficos em conceitos de um tesauro de especialidade, contemplando descritores no idioma do texto dos metadados. Em seguida, aplicou-se o software Iramuteq, para gerar os indicadores temáticos a partir dos descritores obtidos pela indexação automática. Validou-se, por fim, o método proposto com base na análise dos resultados obtidos para o corpus.

Resultado: São descritos os fluxogramas de validação da indexação automática e de validação do estudo métrico, visando identificar e descrever os processos do método proposto como etapas do processamento do corpus. Outrossim, apresentam-se as métricas de qualidade na indexação automática, bem como análises estatísticas de frequência e coocorrência de palavras, e de frequência de termos, onde apontam-se os principais indicadores temáticos do corpus.

Conclusões: Conclui-se que os indicadores temáticos obtidos por meio da aplicação do método proposto representam os principais temas identificados no corpus, e que o método pode ser aplicado na obtenção de indicadores temáticos de outros conjuntos de registros bibliográficos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renato Fernandes Correa, Federal University of Pernambuco

<

Márcio Henrique Ferreira, Federal University of Pernambuco

Gerente Geral de Gestão para Resultados da Secretaria de Planejamento, Gestão e Transformação digital da Prefeitura Municipal do Recife. Doutor em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI/UFPE), Mestre em Ciência da Informação pela mesma instituição e Bacharel em Gestão da Informação pela UFPE. Atuou como Professor substituto, no Departamento de Ciência da Informação (DCI-UFPE) e como Agente Local de Inovação, pelo SEBRAE/CNPq, como bolsista de extensão. Faz parte do grupo de pesquisa Laboratório de Organização e Gestão da Informação e do Conhecimento (LOGIC), vinculado ao (PPGCI/UFPE). Tem interesse na área de indicadores de produção científica, indicadores temáticos, mineração de texto e inovação.

Referências

ARAÚJO, C. A. A. Bibliometria: evolução histórica e questões atuais. Em Questão, v. 12, n. 1, p. 11-32, 2006.

ARAÚJO, C. A. A. O que é Ciência da Informação. Belo Horizonte: KMA, 2018. 132 p.

BANDIM, M. A. S.; CORREA, R. F. A consistência na indexação automática por atribuição de artigos científicos na área de Ciência da Informação. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, v. 23, n. 53, p. 64-77, 2018. DOI: 10.5007/1518-2924.2018v23n53p64.

BANDIM, M. A. S.; CORREA, R. F. Indexação automática por atribuição de artigos científicos em português da área de Ciência da Informação. Transinformação, Campinas, v. 31, 2019. DOI: 10.1590/2318-0889201931e180004.

BEIRA, J. C. et al. Indicadores bibliométricos na produção científica em periódicos brasileiros da Ciência da Informação no estrato A1. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 25, n. 2, p. 383-408, abr./jul., 2020.

BORNER, K.; CHEN, C.; BOYACK, K. W. Visualizing knowledge domains. Annual Review of Information Science and Technology, 37, p. 179-255, 2003.

CORRÊA, R. F.; LAPA, R. C. Panorama de estudos sobre indexação automática no âmbito da ciência da informação no Brasil (1973-2012). Ciência da Informação, Brasília, v. 42, n. 2, p.255-273, 2013.

DING, Y.; CHOWDHURY, G. G.; FOO, S. Mapping the intellectual structure of information retrieval studies: an author co-citation analysis, 1987–1997. Journal of Information Science, v. 25, n. 1, p. 67-78, 1999. DOI: 10.1177/016555159902500107.

FERREIRA, M. H. W.; CORRÊA, R. F. Estudo métrico sobre biblioteca digital: uso do software Iramuteq. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 19., 2018, Londrina. Anais do XIX ENANCIB. Londrina: UEL, 2018. p. 4437-4454. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/102876. Acesso em: 03 mar. 2020.

KOBASHI, N. Y.; DÍAZ, F.; SANTANA, S. Cartografia temática e de colaboração em organização do conhecimento no Brasil (2000-2010). Ciência da Informação, v. 43, n. 1, 2014.

KOBASHI, N. Y.; SANTOS, R. N. M. Institucionalização da pesquisa científica no Brasil: cartografia temática e de redes sociais por meio de técnicas bibliométricas. Transinformação, Campinas, v. 18, n. 1, p. 27-36, jan./abr., 2006.

LE COADIC, Y. F. A Ciência da Informação. Brasília: Briquet de Lemos, 2004

NARUKAWA, C. M.; GIL-LEIVA, I.; FUJITA, M. S. L. Indexação automatizada de artigos de periódicos científicos: análise da aplicação do software SISA com uso da terminologia DeCS na área de odontologia. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 19, n. 2, p. 99-118, 2009.

NOYONS, E.; VAN RAAN, A. Bibliometric cartography of scientific and technological developments of an R & D field: The case of optomechatronics. Scientometrics, v. 30, n. 1, p. 157-173, 1994. DOI: 10.1007/BF02017220.

OKUBO, Y. Bibliometric Indicators and analysis of research systems: methods and examples. OECD - Science, Technology and Industry Working Papers 1997/1. Paris: OECD Publishing, 1997. DOI: 10.1787/208277770603.

OLIVEIRA, E. F. T. de; GRÁCIO, M. C. C. Indicadores bibliométricos em Ciência da Informação: análise dos pesquisadores mais produtivos no tema estudos métricos na base Scopus. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 16, n. 4, p. 16-28, dez. 2011. DOI: 10.1590/S1413-99362011000400003.

PINHEIRO, L. V. R.; FERREZ, H. D. Tesauro Brasileiro de Ciência da Informação. Rio de Janeiro; Brasília: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict), 2014.

PINTO, D. M.; CORDEIRO, F. L.; TAKEMURA, C. M.; SOLANO, V. de O. Cartografia temática da produção técnico-científica da Embrapa destinada à agricultura familiar. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 13, n. esp., p. 392-410, 2017.

RODRIGUES, G. S.; AZEVEDO, R. A. de A.; BATALHA, O. de S. Produção científica em Arquivologia: uma abordagem quantitativa do Congresso Nacional de Arquivologia. R. Revista Bibliomar, São Luís, v. 20, n. 2, p. 31-56, jan./jun. 2021.

SANTOS, C. A. C. M. dos. Organização e representação do conhecimento: bibliometria temática em artigos de periódicos brasileiros. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 11, n. esp., p. 640-653, 2015.

SANTOS, C. A. M. dos. Organização e representação do conhecimento: contribuições aos estudos métricos. ISKO Brasil, v. 3, 2015, p. 518-525.

SILVA, S. R. de B.; CORREA, R. F. Sistemas de Indexação automática por atribuição: uma análise comparativa. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 25, p. 01-25, 2020. DOI: 10.5007/1518-2924.2020.e70740.

SILVA, S. R. de B.; CORREA, R. F.; GIL-LEIVA, I. Avaliação direta e conjunta de Sistemas de Indexação Automática por Atribuição. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 30, n. 4, p. 1–27, 2020. DOI: 10.22478/ufpb.1809-4783.2020v30n4.57259.

SOUZA, R. R. Uma proposta de metodologia para escolha automática de descritores utilizando sintagmas nominais. 2005. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2005.

SOUZA, R. R. Uma proposta de metodologia para indexação automática utilizando sintagmas nominais. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, v. 11, n. 1, p. 42-59, 2006. DOI: 10.5007/1518-2924.2006v11nesp1p42.

URBIZAGÁSTEGUI ALVARADO, R. A. Bibliometria no Brasil. Ciência da Informação, Brasília, v.13, n.2, p. 91-105, jul./dez. 1984.

VAN ECK, N. J.; WALTMAN, L. Software survey: VOSviewer, a computer program for bibliometric mapping. Scientometrics, v. 84, n. 2, p. 523-538, 2010. DOI: 10.1007/s11192-009-0146-3.

VAN ECK, N. J.; WALTMAN, L.; DEKKER, R.; BERG, J. V. D. A comparison of two techniques for bibliometric mapping: Multidimensional scaling and VOS. Journal of the American Society for Information Science and Technology, v. 61, n. 12, p. 2405-2416, 2010. DOI: 10.1002/asi.21421.

VAN ECK, N. J.; WALTMAN, L.; NOYONS, E. C. M.; BUTER, R. K. Automatic term identification for bibliometric mapping. Scientometrics, v. 82, n. 3, p. 581-596, 2010. DOI: 10.1007/s11192-010-0173-0.

VERGARA, S. C.; PECI, A. Escolhas metodológicas em estudos organizacionais. Organizações & Sociedade, v. 10, p. 13-26, 2003.

Publicado

2023-06-30

Como Citar

CORREA, Renato Fernandes; FERREIRA, Márcio Henrique Wanderley. Sistematização da obtenção de indicadores temáticos de informação científica. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 28, p. 1–30, 2023. DOI: 10.5007/1518-2924.2023.e92070. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/92070. Acesso em: 17 jun. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)