Dados de pesquisa em paleobotânica: conjunto de dados petrográficos de lâminas delgadas de lenhos fósseis

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2024.e95688

Palavras-chave:

Lâminas Petrográficas, Lenhos fosseis, Paleoxilologia, Banco de dados físicos, Dados de pesquisa

Resumo

Objetivo: O estudo visa divulgar e analisar a coleção de lenhos fósseis armazenadas no acervo de lâminas delgadas da coleção de paleobotânica do Departamento de Paleontologia e Estratigrafia do Instituto de Geociências de uma Universidade no Sul do Brasil. Descrevem-se lâminas finas de madeira petrificada, enquanto dados de pesquisa utilizados para investigação em Geociências, em específico, busca compor um modelo para utilização deste tipo de lâmina na paleobotânica permitindo visualizar sua representatividade em estudos publicados em 40 anos, obter-se-á as características anatômicas de lenhos fosseis e visando definir suas afinidades sistemáticas como uma tipologia específica de dados de pesquisa em Geociências.

Métodos: A metodologia envolve entrevista com um especialista em paleobotânica e a utilização de diferentes técnicas aplicadas em estudos métricos para mapear a sua produção científica. Assim, descrevem-se um conjunto de dados de (20) lâminas delgadas de lenhos fósseis petrificados utilizados em no estudo  Stressing environmental conditions in the “petrified forest” from the Mata Sequence in the Triassic context of the Paraná Basin publicados pelo periódico Journal of South American Earth Sciences, conforme DOI:10.1016/j.jsames.2023.104415. Conforme, a metodologia de utilização dessas lâminas finas de madeira petrificadas que possuem o potencial de identificação de assinaturas paleoclimáticas, com base em características anatômicas dos lenhos fósseis. Além desse estudo de caso, que serve para representar uma coleção de mais de (2.000) mil lâminas de lenhos fósseis, cerca de 40 anos de pesquisa, essa coleção de paleobotânica do Departamento é reutilizada em aulas de metodologia e compõem uma base de dados de pesquisa físicos que fornecem informações sobre características anatômicas, afinidades sistemáticas, condições paleoclimáticas e percepções paleoambientais.

Potencial de reutilização:  Sua reutilização, registro, armazenamento, identificação e preservação de lâminas delgadas enquanto um tipo de dados de pesquisa utilizado por paleobotânicas, objetivo aprimorar a metodologia associada a organização de um banco de dados físico da instituição. Os dados da pesquisa, lâminas de lenhos fosseis estão sendo digitalizados e em breve todos estarão disponíveis sob a licença CC BY 4.0 no repositório ZENODO, conforme a amostra aqui descrita nesse data paper. (Mendeley DOI: 10.17632/b8phfcsync.1) que poderão ser reutilizados por softwares de microscopia óptica e de varredura eletrônica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Ribas Semeler, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Sou um pesquisador independente. Atualmente trabalho como bibliotecário de dados no Instituto de Geociências da Universidade Federal do Rio Grande do Sul no Brasil. Como pesquisador independente e bibliotecário de dados, tenho interesse interdisciplinar em Biblioteconomia de dados. Acredito no quarto paradigma das ciências (e-ciência e humanidades digitais) e vejo as atuais tecnologias de dados digitais como grandes impulsionadores de transformação nas bibliotecas acadêmicas. at the Institute of Geosciences of the Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, Brazil. He is a graduate in Librarianship from UFRGS (2003-2007), and holds a Master in Communication and Information from UFRGS (2008-2010). He is a Doctor in Information Science at the Federal University of Santa Catarina (UFSC) (2015-2017). He is a (2018-2019) postdoctor in Information Science at the Federal University of Santa Catarina, Florianópolis, Brazil. His areas of research interest include: interdisciplinary topics in information science, e-science, data science, and data librarianship.

Margot Guerra-Sommer, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Graduada em História Natural pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1970), mestrado em Geociências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1973) e doutorado em Geociências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1989) Estruturou o setor de Paleobotânica no Departamento de Paleontologia e Estratigrafia do IG/UFRGS, onde ingressou como docente em 1974, e implantou a área de pesquisa em Paleobotânica no Programa de Pós-Graduação em Geociências da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, do qual foi coordenadora em duas gestões. Foi vice-presidente da Câmara de Pós-Graduacão do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRGS. Coordenou o Comitê Assessor de Geociências da FAPERGS, e foi membro do Comitê Assessor de Geociências e Geografia Física do CNPq. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Paleobotânica, atuando principalmente nos seguintes temas: Dendrologia e determinações climáticas no Paleozoico e Mesozoico, biomas paleozoicos, paleoecologia, roof shale floras, paleofitobarômetros (charcoal, epidermes fósseis), calibração de dados paleobotânicos com idades radiométricas.

Referências

SANTOS, Â. C. S.; GUERRA-SOMMER, M.; BARBOZA, E. G.; DEGANI-SCHMIDT, I.; SIEGLOCH, A. M.; VIEIRA, C. E. L.; VIEIRA, D. T.; BARDOLA, T. P.; SCHULTZ, C. L.. Stressing environmental conditions in the petrified forest from the mata sequence in the Triassic context of the Paraná Basin. Journal Of South American Earth Sciences, 128, p. 104415, 2023. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jsames.2023.104415.Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0895981123002262. Acesso em: 24 Jan. 2024.

SANTOS, Â. C. S.; GUERRA-SOMMER, M.; DEGANI-SCHMIDT, I.; SIEGLOCH, A. M.; MENDONÇA, J.; MENDONÇA FILHO, J.; CARVALHO, I. Record of Brachyoxylon patagium, a Cheirolepidiaceae wood preserved by gelification in the Aptian Maceió Formation, Sergipe-Alagoas Basin, NE Brazil. Journal of South American Earth Sciences 118, p. 103950, 2022. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jsames.2022.103950. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0895981122002395?via%3Dihub. Acesso em: 24 Jan. 2024.

GUERRA-SOMMER, M.; SIEGLOCH, ANELISE MARTA; DEGANI-SCHMIDT, I.; SANTOS, SANTOS, Â. C. S; CARVALHO, I.; ANDRADE, J. A.; FREITAS, F. I. Climate change during the deposition of the Aptian Santana Formation (Araripe Basin, Brazil): Preliminary data based on wood signatures. Journal Of South American Earth Sciences 111, p. 103462, 2021. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jsames.2021.103462. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0895981121003096. Acesso em: 24 Jan. 2024.

SANTOS, Â. C. S; SIEGLOCH, A. M.; GUERRA-SOMMER, M.; DEGANI-SCHMIDT, I.; CARVALHO, I. Agathoxylon santanensis sp. nov. from the Aptian Crato fossil Lagerstätte, Santana Formation, Araripe Basin, Brazil. Journal Of South American Earth Sciences, 112, 103633, 2021. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jsames.2021.103633. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0895981121004788. Acesso em: 24 Jan. 2024.

SANTOS, Â. C. S.; SIEGLOCH, Â. C.; GUERRA-SOMMER, M.; DEGANI-SCHMIDT, I.; SIEGLOCH, A. M.; DE SOUZA, I.; MENDONÇA FILHO, J.G.; OLIVEIRA, J. Fungus-plant interactions in Aptian Tropical Equatorial Hot arid belt: White rot in araucarian wood from Crato fossil Lagerstätte (Araripe Basin, Brazil). Cretaceous Research, 114, p. 104525, 2020. DOI: https://doi.org/10.1016/j.cretres.2020.104525. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0195667120302111. Acesso em: 24 Jan. 2024.

DEGANI-SCHMIDT, I.; GUERRA-SOMMER, M; MENDONÇA, J. G.; JASPER, A.; CAZZULO-KLEPZIG, M.; IANNUZZI, R. Charcoalified logs are evidence of hyperautochthonous/autochthonous wildfire events in a peat-forming environment from the Permian in the southern Paraná Basin (Brazil). International Journal of Coal Geology, 146, p. 55-67, 2015.DOI: https://doi.org/10.1016/j.coal.2015.05.002. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S016651621500110X. Acesso em: 24 Jan. 2024.

PIRES, E. F. ; GUERRA-SOMMER, M. The Paleoclimatic Record Provided by Dendrological Analyses in Early Cretaceous Coniferous Woods from a Paleoerg (Paraná Basin, Brazil). In: CARVALHO, I; GARCIA, M. J; LANA, C.; STROHSCHOEN, O. (Org.). Paleontologia: Cenários de vida - Paleoclimas. 1 ed. Rio Janeiro: Interciência, 5, p. 77-86, 2014.

GUERRA-SOMMER, MARGOT; DEGANI-SCHMIDT, I.; MUSSA, D.; KAVALI, P. S.; SHIVANNA, M. Stratigraphic significance of the Solenoid Complex in the Permian of Gondwana. Geologia USP. Série Científica, 14, p. 139-148, 2014. DOI: https://doi.org/10.5327/Z1519-874X201400020008.Disponível em: https://www.revistas.usp.br/guspsc/article/view/85371. Acesso em: 24 Jan. 2024.

PIRES, E. F.; GUERRA-SOMMER, M. Paleoclimatic Inferences From Missão Velha Formation (Tithonian/Berriasian, Araripe Basin Brazil) Based On Fossil Wood Analyses. In: CARVALHO, I; GARCIA, M. J; LANA, C.; STROHSCHOEN, O. (Org.). Paleontologia: Cenários de vida - Paleoclimas. 1 ed. Rio Janeiro: Interciência, 5, p. 77-86, 2014.

MEDEIROS, M. A.; GUERRA-SOMMER, M. Fósseis como indicadores paleoclimáticos para o Eocenomaniano da Bacia de São Luíz-Grajaú. In: CARVALHO, I; GARCIA, M. J; LANA, C.; STROHSCHOEN, O. (Org.). Paleontologia: Cenários de vida - Paleoclimas. 1 ed. Rio Janeiro: Interciência, 5, p. 77-86, 2014.

PIRES, E. F.; GUERRA-SOMMER, M.; BARDOLA, T. P.; VEECK, G. P. Padrões de crescimento em lenhos gimnospérmicos como indicadores paleoclimáticos na Floresta Petrificada do Tocantins Setentrional (Permiano), Bacia do Parnaíba, Tocantins, Brasil. In: MORAES, F. (Org.). Contribuições à Geografia Física do Estado do Tocantins. 1 ed. Goiânia: Kelps, p. 111-132, 2011.

ARAÚJO, K. C. O.; GUERRA-SOMMER, M.; MEDEIROS, M. A. A.; GIRNOS, E. C.; DEGANI-SCHMIDT, I. Lenhos de coníferas do Mesocretáceo do norte do Maranhão, Brasil. Revista Brasileira de Paleontologia, 14, p. 29-38, 2011. Disponível em: https://www.sbpbrasil.org/revista/edicoes/14_1/Artigo%203%20-%20(COLORIDO)%20Araujo%20et%20al.pdf. Acesso em: 24 Jan. 2024.

PIRES, E. F.; GUERRA-SOMMER, M. Growth ring analysis of fossil coniferous woods from the Early Cretaceous of the Araripe Basin (Brazil). Anais da Academia Brasileira de Ciências (Impresso), version 83, p. 409-423, 2011. DOI: https://doi.org/10.1590/S0001-37652011005000005. Disponível em: https://www.scielo.br/j/aabc/a/WHwhxJHSVzKcvmy359cRwpb/?lang=en. Acesso em: 24 Jan. 2024.

PIRES, E. F.; GUERRA-SOMMER, M.; SCHERER, C. M. S.; SANTOS, A. R.; CARDOSO, E. Early Cretaceous coniferous wood assemblage from a paleoclimate (Botucatu et al., Brazil): Dendrological parameters and their relationship to paleoclimatic data. Journal Of South American Earth Sciences 32, p. 96-109, 2001. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jsames.2011.04.001. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S089598111100054X. Acesso em: 24 Jan. 2024.

BARDOLA, T. P.; DEGANI-SCHMIDT, I.; GUERRA-SOMMER, M.; SCHULTZ, C. L. Lenhos de Ginkgophyta em florestas petrificadas no Triássico Superior sul-rio-grandense, Brasil. Revista Brasileira de Paleontologia, 12, p. 139-148, 2009. Disponível em: https://www.sbpbrasil.org/revista/edicoes/12_2/Artigo%204%20-%20Bardola%20et%20al.pdf. Acesso em: 24 Jan. 2024.

GUERRA-SOMMER, M.; PIRES, E. F.; ALVES, L. S. R. CAZZULO-KLEPZIG, M. Análises Dendroclimatologicas No Gonduana Sul Brasileiro. In: IANNUZZI, R.; FRANTZ, J. C. (Org.). 50 Anos de Geologia. Instituto de Geociências. Contribuições. 1 ed.Porto Alegre: Editora Comunicação e Identidade, 1, p. 249-263, 2007.

ALVES, L. S. R.; GUERRA-SOMMER, M. Growth rings in fossil woods and paleoclimates in applied stratigraphy. In: KOUTSOUKOS, E. (Org.). Applied Stratigraphy. 1st ed. New York: Springer, 23, p. 181-193, 2005.

PIRES, E. F.; GUERRA-SOMMER, M.; SCHERER, C. Late Triassic climate in the southernmost Paraná Basin (Brazil): evidence from dendrochronological data. Journal Of South American Earth Sciences, Columbia - South Carolina, 18 (2), p. 213-221, 2005. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jsames.2004.10.004. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0895981104001361. Acesso em: 24 Jan. 2024.

PIRES, E. F.; GUERRA-SOMMER, M. Sommerxylon spirals from the Upper Triassic in the southernmost Paraná Basin (Brazil): a new taxon with taxacean affinity. Anais da Academia Brasileira de Ciências, Rio de Janeiro, 76(03), p. 595-609, 2004.

ALVES, L. S. R.; GUERRA-SOMMER, M. Inferências Tafonômicas para um fragmento de lenho da Formação Irati, Permiano superior, da bacia do Paraná, RS, Brasil. Revista Universidade Guarulhos, São Paulo, 1(5), p. 49-53, 2000.

GUERRA-SOMMER, M.; SCHERER, C. Middle-Late Triassic Petrified Forests from mata sandstone at Rio Grande do Sul State, BR: a preliminary geological, taphonomic and biostratigraphic setting. Revista Universidade Guarulhos, Guarulhos, 5, p. 117-120, 2000.

GUERRA-SOMMER, M. Vertebraria (Royle) Schopf (1965). Un Genre Présent Dans La Formation Irati du Rio Grande do Sul (Brésil). In: 101 Congrés National Des Societés Savantes, 1976, Lille. Actes du 101 Congrès national des societés savantes, 1976. p. 51-68, 1976.

GUERRA-SOMMER, M. Presença do Gênero Polysolenoxylon Formação Irati, do Rio Grande do Sul, Brasil. In: I Congresso Argentino de Paleontologia y Bioestratigrafia, 1975, Tucumán. ACTAS I congresso Argentino de Paleontologia y Bioestratigrafia, 1. p. 371–400, 1975.

GUERRA-SOMMER, M. Uma Nova Madeira Petrificada na Formação Irati do Rio Grande do Sul. Ameghiniana, Argentina, XIII, (3-4), p. 254-267, 1974.

GUERRA-SOMMER, M. Damudoxylon (Maheshwari), 1972, Un Gênero Ocorrente no Gondwana do Brasil. Pesquisas em Geociências, 7, p. 131-144, 1972. DOI: https://doi.org/10.22456/1807-9806.21824.Disponível em: https://seer.ufrgs.br/PesquisasemGeociencias/article/view/21824. Acesso em: 24 Jan. 2024.

Publicado

2024-03-04

Como Citar

SEMELER, Alexandre Ribas; GUERRA-SOMMER, Margot. Dados de pesquisa em paleobotânica: conjunto de dados petrográficos de lâminas delgadas de lenhos fósseis. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 29, p. 01–12, 2024. DOI: 10.5007/1518-2924.2024.e95688. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/95688. Acesso em: 24 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.