Recuperação de Dados Abertos em APIs: consumindo dados agregados do IBGE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2024.e96185

Palavras-chave:

Dados abertos, dados governamentais abertos, API, recuperação de informação, Ciência da Informação

Resumo

Objetivo: Descrever o processo de coleta de dados na Application Program Interface (API) de dados agregados do IBGE, que disponibiliza dados agregados de pesquisas e censos realizados no Brasil.

Método: Esta pesquisa caracteriza-se como descritiva e exploratória, com abordagem qualitativa, e aplicada por envolver um problema prático que é a recuperação de dados na API dados agregados do IBGE. Para tanto, foi realizada uma pesquisa documental para identificar as rotas disponíveis e os parâmetros existentes na API que permitiram implementar, de forma visual, o algoritmo de funcionamento do recurso, sendo este utilizado para guiar a construção dos endpoints para coleta.

Resultados: A API possui um endpoint principal que deve incluir parâmetros de localidade, período, metadados e variáveis de forma unificada. Assim, para apresentar as pesquisas agregadas e sua respectiva granularidade, a documentação disponibilizada possui, além de informações textuais, uma funcionalidade para construção do endpoint. Essa funcionalidade demonstrou ser importante para o “consumo” da API, pois permitiu ao usuário que não tem conhecimento do domínio selecionar uma pesquisa, seus dados agregados, as variáveis, os períodos, o nível geográfico e a localidade, por meio de componentes visuais, convertendo as necessidades do usuário ao padrão da API para realizar a coleta de forma automatizada.

Conclusão: A API de dados agregados do IBGE possui uma documentação que permitiu seu “consumo” de forma automatizada, requisito essencial para promover a interoperabilidade e o efetivo reúso dos dados governamentais abertos. O serviço demonstrou ser estável e as rotas e parâmetros estavam em conformidade com os registros disponibilizados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrícia Nascimento Silva, Universidade Federal de Minas Gerais

Professora Adjunta no Departamento de Organização e Tratamento da Informação na Escola de Ciência da Informação (ECI) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professora no Programa de Pós-Graduação em Gestão & Organização do Conhecimento (PPGGOC) ECI/UFMG. Coordenadora do Núcleo de Assessoramento à Pesquisa ECI UFMG. Doutora em Gestão e Organização do Conhecimento pelo PPGGOC ECI UFMG. Recebeu o Prêmio UFMG de Teses 2019 pela melhor tese do PPGGOC ECI UFMG em 2018. Mestre em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento pela Universidade FUMEC, Especialista em Gestão de Tecnologia da Informação pelo Centro Universitário do Sul de Minas (UNIS), Especialista em Teste de Software pela Universidade do Ceuma, Bacharel em Sistemas de Informação (PUC Minas), Técnica em Informática Industrial CEFET-MG. Certificada ISTQB e CBTS. Atuou como Analista de Tecnologia da Informação na UFMG por 10 anos e possui mais de 15 anos de experiência como Analista de Sistemas, atuando na área de Engenharia de Software e Gestão da Informação e do Conhecimento. Pesquisadora na área de Ciência da Informação e Sistemas de Informação atuando nas seguintes áreas: Organização e Tratamento da Informação, Recuperação de Informação, Engenharia de Software, Acesso, uso e reúso de Dados Abertos e Privacidade e Proteção de Dados. Integrante dos grupos de pesquisa: CEPRECRI - Centro de Pesquisas em Representação do Conhecimento e Recuperação da Informação, RECRI - Representação do Conhecimento e Recuperação da Informação e MHTX - Modelagem Conceitual para Organização Hipertextual de Documentos, Grupo de extensão Modelagem para Organização da Informação. Integra o Núcleo Docente Estruturante do Curso de Graduação em Sistemas de Informação. Integra a Comissão Editorial da Revista Docência do Ensino Superior e é Professora Colaboradora na Diretoria de Inovação e Metodologias de Ensino GIZ/PROGRAD UFMG.

Referências

BAEZA-YATES, R.; RIBEIRO-NETO, B. Recuperação de Informação: conceitos e tecnologia das máquinas de busca. Porto Alegre: Bookman, 2013.

BRASIL. Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011. Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5o, no inciso II do § 3o do art. 37 e no § 2o do art. 216 da Constituição Federal; altera a Lei no 8.112, de 11 de dezembro de 1990; revoga a Lei no 11.111, de 5 de maio de 2005, e dispositivos da Lei no 8.159, de 8 de janeiro de 1991; e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República 2011. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12527.htm. Acesso em: 28 jul. 2023.

BRASIL. Decreto Nº 8.777, de 11 de maio de 2016. Institui a Política de Dados Abertos do Poder Executivo federal. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2016/decreto/d8777.htm. Acesso em: 28 jul. 2023.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). O IBGE. 2023. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/pt/inicio.html. Acesso em: 28 jul. 2023.

SILVA, P. N. Acesso à informação no Brasil: política de dados governamentais abertos. In: GERALDES, E. et al. (org.). Dez anos da lei de acesso à informação: limites, perspectivas e desafios. São Paulo: INTERCOM, 2022a. p. 748. Disponível em: http://www.portcom.intercom.org.br/ebooks/arquivos/livro_dalai_digital_final_17.05.2022.pdf. Acesso em: 28 out. 2023.

SILVA, P. N. Recuperação de dados em APIs: uma experiência prática no Twitter. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 22., 2022, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre: Ancib, 2022b. Disponível em: https://ancib.org/enancib/index.php/enancib/xxiienancib/paper/viewFile/1007/728. Acesso em: 28 out. 2023.

SILVA, P. API IBGE Dados Agregados. Mendeley Data, v2, 2023, DOI: 10.17632/k52xmpcfx7.2. Disponível em: https://doi.org/10.17632/K52XMPCFX7.1. Acesso em: 28 out. 2023.

SAUDATE, Alexandre. APIs REST: seus serviços prontos para o mundo real. [S.l.]: Casa do Código, 2021.

Publicado

2023-12-13

Como Citar

NASCIMENTO SILVA, Patrícia; DA SILVA, Gabriel Vieira Pereira. Recuperação de Dados Abertos em APIs: consumindo dados agregados do IBGE. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 29, p. 01–17, 2023. DOI: 10.5007/1518-2924.2024.e96185. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/96185. Acesso em: 18 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.