Titanic, Jack, Rose e o Princípio de Arquimedes

Luciano Denardin de Oliveira

Resumo


Este trabalho analisa fisicamente uma cena do filme Titanic, que teve significativa repercussão nas redes sociais quando da ocasião do seu relançamento para os cinemas. A cena está associada a questões como flutuação e o Princípio de Arquimedes e sugere uma instigante análise para ser realizada em aulas de Física.


Palavras-chave


Titanic, Princípio de Arquimedes

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2012v29n2p283

 


Cad. Bras. Ens. Fís. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-7941 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >