Das margens para o centro: Mudanças na pesquisa em fundamentos da mecânica quântica, 1950-1990

Autores

  • Olival Freire Junior Instituto de Física, Universidade Federal da Bahia, BA

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7941.2015v32n2p369

Palavras-chave:

História da física quântica, Teorema de Bell, Dissidentes quânticos

Resumo

A pesquisa em fundamentos da teoria quântica experimentou mudanças dramáticas na segunda metade do século XX, tendo evoluído de uma posição marginal na agenda de pesquisa da física para uma posição muito bem valorizada. Nós examinamos o conjunto de fatores, internos e externos, que condicionaram esta mudança. Especial atenção foi prestada à atividade dos físicos que foram os protagonistas destas mudanças, os quais nós denominamos de dissidentes quânticos.

 

 

Biografia do Autor

Olival Freire Junior, Instituto de Física, Universidade Federal da Bahia, BA

Olival Freire Junior é Licenciado e Bacharel em Fisica pela UFBa, Mestre em Ensino de Física e Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo, Professor Titular da Universidade Federal da Bahia e Pesquisador 1-C do CNPq na área de História da Ciência. Realizou estágios de pesquisa nas universidades Paris 7, Harvard, MIT e Maryland. Em 2004 recebeu uma Senior Fellowship do Dibner Institute for the History of Science and Technology, MIT, EUA. Em 2011 foi agraciado com o Prêmio Jabuti pela obra Teoria quântica: estudos históricos e implicações culturais, co-editado com O. Pessoa e J.L. Bromberg. Publicou 64 artigos em periódicos especializados, 2 livros, 5 coletâneas e 33 capítulos de livros, além de vários trabalhos em anais de eventos. É o atual Pró-Reitor de Pesquisa, Criação e Inovacão da UFBa. É o Presidente da Commission on the History of Physics - Division of History of Science and Technology (DHST) of the International Union of History and Philosophy of Science (IUHPS) (2013-2017) e integra o Scientific Advisory Board do Niels Bohr Archive, Copenhague. Foi um dos criadores e primeiro coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências (M/D, UFBA-UEFS, Conceito 5 CAPES); presidente da Sociedade Brasileira de História da Ciência 2011-2012; editor de História da Física da Revista Brasileira de Ensino de Física (2010-2012), e Coordenador da Secretaria do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (2011-2012). Orientou 8 teses de doutoramento e18 dissertações de mestrado.

Downloads

Publicado

2015-07-01

Edição

Seção

História e Filosofia da Ciência