Pressão atmosférica e natureza da ciência: uma sequência didática englobando fontes primárias

Deyzianne Santos Fonseca, Juliana Mesquita Hidalgo Ferreira Drummond, Wesley Costa de Oliveira, Giovanninni Leite de Freitas Batista, Daniel Brito Freitas

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2017v34n1p64

O presente artigo apresenta uma sequência didática, de perspectiva histórico-filosófica, cujo objetivo é trazer contribuições para o ensino do conceito de pressão atmosférica e a inserção de discussões sobre a natureza do conhecimento científico na educação básica. Busca-se contemplar a compreensão de aspectos da construção histórica do conceito científico em atividades que despertam o pensamento crítico. Propõe-se que os estudantes se engajem em processo “investigativo” sobre determinado fenômeno físico e confrontem suas explicações às que emergem da interpretação diacrônica de excertos de fontes primárias, devidamente contextualizados ao longo das etapas. Sugere-se uma sequência didática mediada, de caráter dialógico, organizada em momentos de discussão a respeito de conteúdos de ciência e sobre a ciência.


Palavras-chave


Pressão Atmosférica; Natureza da Ciência; Fontes Primárias

Texto completo:

PDF/A


 


Cad. Bras. Ens. Fís. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-7941 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >