Análise da Lei de Biot-Savart em comparação com a força entre elementos de corrente de Ampère

Hugo Shigueo Tanaka dos Santos, Daniel Gardelli

Resumo


Atualmente, utilizamos a lei de Biot-Savart, e também a força de Grassmann, para estudar os efeitos do campo magnético e observamos que esta força aparentemente não satisfaz ao princípio da ação e reação. Em contrapartida, a força de Ampère sempre satisfaz a este princípio explicitamente e sempre na forma forte. O presente trabalho faz uma análise histórica do desenvolvimento destas duas equações de força, que foram desenvolvidas a partir de interpretações do experimento de Ørsted. Também faz uma análise comparativa entre as duas equações a fim de verificar se ambas fornecem o mesmo resultado e mostrar que a expressão de Grassmann, de fato, não satisfaz ao princípio da ação e reação. A força de Ampère, além de sempre obedecer ao princípio da ação e reação na forma forte, explica os fenômenos a partir da ação a distância, que é mais simples de ser observada e possui muitos outros resultados poderosos, não só no eletromagnetismo. Para realizar a comparação entre as duas abordagens, calculamos a força que um fio retilíneo infinito exerce em uma espira de material condutor, ambos com corrente.


Palavras-chave


Força entre Elementos de Corrente de Ampère; Experimento de Ørsted; História da Ciência

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2017v34n3p864

 


Cad. Bras. Ens. Fís. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-7941 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >