Contribuições do Arduíno no Ensino de Física: uma revisão sistemática de publicações na área do ensino

Autores

  • Michele Paulino Carneiro Moreira Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará
  • Mairton Cavalcante Romeu Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará
  • Francisco Regis Vieira Alves Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará
  • Francisco Roberto Oliveira da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7941.2018v35n3p721

Palavras-chave:

Arduino, Ensino de Física, Prática Experimental, Novas Tecnologias

Resumo

Este trabalho apresenta uma revisão da literatura sobre o uso do Arduino no ensino de Física, realizada através da consulta a artigos publicados nas principais revistas de ensino de Ciências do Brasil. A pesquisa concentrou-se nas contribuições do uso do Arduino direcionados ao ensino de Física e resultou numa amostra de 20 artigos. Os trabalhos consultados foram classificados em duas categorias: propostas didáticas testadas em sala de aula, e propostas didáticas para aplicação em sala de aula. Além disso, são apontados os principais objetivos esperados pelas práticas, as quais são: inovação dos laboratórios didáticos, interdisciplinaridade e contextualização, potencializar a aprendizagem dos conceitos físicos, tornar as aulas atraentes e motivadoras, obtenção de dados e difusão do Arduino. É possível constatar que, apesar dessa tecnologia ser relativamente nova, já existem muitas publicações na área, com possíveis aplicações no ensino de Física. A maioria, com propostas metodológicas voltadas para a prática experimental, bem como, a automatização dos laboratórios didáticos. Em geral, nas práticas experimentais abordadas foram obtidos resultados de pesquisa satisfatórios, porém pontuais. Embora sejam divulgadas muitas propostas didáticas inovadoras, ainda há poucos trabalhos que mostram dados quanto à aprendizagem de conceitos físicos por meio da aplicação dos recursos já citados, em sala de aula.

Biografia do Autor

Michele Paulino Carneiro Moreira, Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Mestranda em Ensino de Ciências e Matemática do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará.  

 

Mairton Cavalcante Romeu, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Docente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, IFCE.

Francisco Regis Vieira Alves, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Docente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, IFCE.

Francisco Roberto Oliveira da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Mestre em Ensino de Ciências e Matemática, docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, IFCE.

Downloads

Publicado

2018-12-18

Edição

Seção

Pesquisa em Ensino de Física