Eventos religiosos e suas práticas de letramento em comunidades multilíngues e multiculturais

Neiva Maria Jung, Jakeline Aparecida Semechechem

Resumo


Neste artigo temos como objetivo descrever e analisar práticas sociais letradas em eventos de letramento religiosos em duas comunidades do Paraná: uma comunidade multilíngue (alemão, português e brasileiro) e outra multilíngue (português, ucraniano, polonês, alemão, italiano). Para tanto, partimos dos Novos Estudos de Letramento (NLS) (STREET, 2003, 2004, BAINHAM, 2004), discutindo conceitos, como letramentos multilíngues (MARTIN-JONES; JONES, 2000; MARTIN-JONES, 2009), biletramento (HORNBERGER, 2003a, 2003b, 2003c) e letramento como prática social (BARTON, 2007). Os procedimentos metodológicos adotados foram: anotações de campo a partir de observação participante em eventos das comunidades, como catequese, missas, encontros religiosos; entrevistas e coleta de textos escritos impressos e da internet, o que possibilitou a triangulação de dados. Os resultados da análise evidenciam que nas duas comunidades há uma configuração diferenciada da realidade multilíngue, co-construída nas práticas de letramento religiosas.


Palavras-chave


Letramento; Multilinguismo; Eventos religiosos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8412.2009v6n2p17

Direitos autorais

Creative Commons License

Esta publicação está regida por uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Fórum Linguístico, ISSNe 1984-8412, Florianópolis (Santa Catarina), Brasil