Produção escrita no 1ºciclo: espelho da formação de professores?

Roberto Carlos Macedo Azevedo, Madalena Teixeira

Resumo


A necessidade de melhorar o ensino do Português na educação básica está solidamente fundamentada nos resultados de todos os projetos internacionais em que Portugal participou, nos estudos nacionais e nos relatórios nacionais das Provas de Aferição. Neste contexto, os cursos de formação inicial e a formação contínua de professores assumem um papel preponderante na preparação para a docência dos professores. O estudo que se propõe tem como principal objetivo compreender em que medida a formação profissional inicial e contínua dos professores influencia a produção escrita nos alunos do 1º ciclo. Embora este estudo ainda se encontre em fase de realização, podemos adiantar que a formação profissional dos docentes permitiu uma maior diversidade e qualidade das suas práticas levando, consequentemente, a melhores aprendizagens dos alunos.

Palavras-chave


formação de professor; língua portuguesa; ensino; escrita.

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8412.2011v8n1p23

Direitos autorais

Creative Commons License

Esta publicação está regida por uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Fórum Linguístico, ISSNe 1984-8412, Florianópolis (Santa Catarina), Brasil