Sujeito e objeto focalizados nas sentenças SVO do português brasileiro

Autores

  • Sandra Quarezemin Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-8412.2012v9n3p203

Palavras-chave:

foco, sujeito, objeto, sintaxe, português brasileiro

Resumo

Este trabalho trata da focalização do sujeito e do objeto nas sentenças SVO do português brasileiro (PB). O foco é identificado, neste estudo, como o constituinte que veicula a informação não-pressuposta na sentença, enquanto a pressuposição veicula a informação partilhada pelos interlocutores em uma situação discursiva. O fenômeno da focalização não está livre da marcação sintática. As estratégias de focalizar o sujeito não correspondem exatamente às estratégias de focalizar o objeto. Em relação à focalização do sujeito, nossa hipótese a é que o PB, por estar perdendo a propriedade de língua de sujeito nulo, emprega as estratégias de focalização das línguas de sujeito não-nulo, como o inglês e o francês. Quanto à focalização do objeto, parece não haver distinção no modo como os falantes das línguas em geral focalizam esse constituinte.

Biografia do Autor

Sandra Quarezemin, Universidade Federal de Santa Catarina

Professora no Departamento de língua e Literatura Vernáculas

Área: Linguística

Subárea: Teoria e Análise Linguística

Downloads

Publicado

2012-12-20

Edição

Seção

Artigo