Restrições dos aspectuais do português brasileiro a predicados de achievement

Autores

  • Franciele da Silva Nascimento Universidade Federal da Fronteira Sul
  • Núbia Ferreira Rech Universidade Federal da Fronteira Sul

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-8412.2014v11n4p429

Palavras-chave:

Verbos aspectuais do português brasileiro, Predicados de achievement, Efeito de serialização

Resumo

A proposta desta pesquisa foi investigar a natureza das restrições que os verbos aspectuais do português brasileiro (PB) oferecem a predicados de achievement e a nominalizações desses predicados na posição de seu complemento. Os aspectuais do PB tomados para estudo foram começar, continuar, parar, deixar, acabar e terminar. Lamiroy (1987) e Rochette (1999) apresentam o NP plural, o NP genérico e o acréscimo de uma oração adverbial temporal como estratégias que geram um efeito de serialização do evento, licenciando achievements e a suas formas nominalizadas na posição de complemento dos aspectuais. Em nosso estudo, constatamos que, além destes fenômenos, os predicados transformativos e o nominal nu também atuam como licenciadores de predicados de achievement como complemento dos aspectuais. 

Biografia do Autor

Franciele da Silva Nascimento, Universidade Federal da Fronteira Sul

Mestre em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), na Linha de Pesquisa Língua e Cognição: representação e processamento da linguagem. Bolsista de Pós-Graduação do Programa FAPESC.

Núbia Ferreira Rech, Universidade Federal da Fronteira Sul

Doutora em Teoria e Análise Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina (2009); docente do Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC.

Downloads

Publicado

2014-12-06

Edição

Seção

Artigo