A metáfora no livro didático de Ensino Médio: um estudo feito a partir dos manuais aprovados pelo PNLD 2014

Dieysa Kanyela Fossile, Kerlly Karine Herênio, Antonio Cilírio da Silva Neto

Resumo


Neste artigo, analisamos como a metáfora vem sendo discutida e abordada nos Livros Didáticos atuais de Língua Portuguesa. A princípio, três manuais didáticos de coleções distintas são analisados. Como aporte teórico para o desenvolvimento deste estudo, utilizamos pesquisas de Silva (1997), Batista (2003, 2004), Bunzen (2005, 2007, 2014), tal como, o guia de Livros Didáticos - PNLD (2014), os quais apresentam discussões sobre os manuais escolares. Para os estudos centrados na metáfora, utilizamos pesquisas de Black (1962, 1966, 1992, 1993), Lakoff e Johnson (2002 [1980]), Sardinha (2007) e Fossile (2011, 2013a, 2014). Ressaltamos que os resultados apresentados não são conclusivos ou exaustivos, porém, a partir do estudo realizado, verificamos que os resultados alcançados ratificam que o conceito tradicional de metáfora, como um recurso essencialmente ornamental, retórico e relacionado à linguagem figurada e ao campo literário, ainda é propagado nos Livros Didáticos atuais de Língua Portuguesa.


Palavras-chave


Livros didáticos atuais; Língua portuguesa; Metáfora; Ensino

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8412.2015v12n3p711

Direitos autorais 2015 Fórum Linguístico

Creative Commons License

Esta publicação está regida por uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Fórum Linguístico, ISSNe 1984-8412, Florianópolis (Santa Catarina), Brasil