A não-coincidência interdiscursiva: marca da responsabilidade enunciativa em monografia de conclusão de Curso de Letras

Autores

  • Ilderlândio Assis de Andrade Nascimento Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-8412.2015v12n4p845

Palavras-chave:

Responsabilidade Enunciativa, Não-coincidência Interdiscursiva, Monografia de Conclusão de Curso

Resumo

Este trabalho analisa a não-coincidência interdiscursiva como marca da responsabilidade enunciativa em Monografias de Conclusão de Curso, a partir do quadro teórico da Análise Textual dos Discursos. O corpus desta pesquisa é constituído por 10 (dez) seções de revisão da bibliografia de monografias de conclusão de curso de Letras. A análise mostra a construção de sentidos do texto a partir do jogo entre atribuição e/ou assunção de pontos de vista, configurando-se aspecto constitutivo da natureza do gênero monográfico. Nesse sentido, a não-coincidência interdiscursiva é um modo de promover o diálogo com o outro na construção dos sentidos do texto, marcando, ao mesmo tempo, a responsabilidade enunciativa.

Biografia do Autor

Ilderlândio Assis de Andrade Nascimento, Universidade Federal da Paraíba

Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística (PROLING) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa, Paraíba, Brasil. 

Downloads

Publicado

2015-12-28

Edição

Seção

Artigo