Este aqui é best-seller! Mas... quem é o autor?

Anderson Ferreira

Resumo


Os best-sellers têm sido objeto recorrente nos estudos de comunicação, cuja ênfase é bipartida, relacionando defeitos éticos, estéticos e de linguagem, com fatores externos. À parte disso, esse artigo visa a analisar a noção de autor em uma web manchete sobre o livro de Paulo Leminski. Objetiva-se examinar a noção de função-autor por meio do nome do autor na amostra escolhida. Para tanto, selecionamos uma webmanchete da expressiva venda do livro Toda Poesia de Leminski. Em vista da insuficiência da aplicabilidade da função-autor proposta por Foucault (2009) no enunciado por nós selecionado, recorremos aos estudos de Maingueneau (2010) atinentes à noção de autor e sua tridimensionalidade.


Palavras-chave


Best-seller; Função-autor; Leminski; Nome do autor

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8412.2016v13n3p1430

Direitos autorais 2016 Fórum Linguístico

Creative Commons License

Esta publicação está regida por uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Fórum Linguístico, ISSNe 1984-8412, Florianópolis (Santa Catarina), Brasil