Discursos midiáticos: o jogo discursivo em funcionamento no processo de validação de matérias de um jornal on-line do estado do Paraná

Autores

  • Ednaldo Tartaglia Universidade Federal do Amapá (UNIFAP)

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-8412.2018v15n2p3017

Palavras-chave:

Discurso midiático, Jogo discursivo, Hipertexto

Resumo

Neste estudo, propôs-se analisar o funcionamento do jogo discursivo no processo de validação de dizeres do jornal on-line Gazeta do Povo. Para isso, tomamos como base teórica e metodológica a Análise do Discurso (AD) francesa, em sua linha pecheutiana. Objetivou-se verificar quais recursos discursivos e textuais foram utilizados na construção da matéria principal “Tudo sobre a greve e a ocupação nas escolas do Paraná” e das matérias secundárias que estão ligadas à principal, as quais conduzem à produção de sentido e à validação dessas matérias. A análise possibilitou colocar em visibilidade um jogo discursivo que foi construído a partir da organização textual e de um movimento discursivo que ora valida os dizeres dos sujeitos jornalistas, ora valida os discursos da equipe de redação, ora valida a própria instituição, Gazeta do Povo.

Biografia do Autor

Ednaldo Tartaglia, Universidade Federal do Amapá (UNIFAP)

Professor do Curso de Letras Português da Universidade Federal do Amapá – UNIFAP, Campus Santana, e doutorando no Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual de Maringá – PLE/UEM. Integrante dos grupos de estudos: NELAM/UNIFAP,  GEF/UEM e GELLSO/UNIR. 

Downloads

Publicado

2018-07-12

Edição

Seção

Artigo