História e variação morfossintática entre o quimbundo e o português na região de Kwanza Norte, em Angola: formação do plural, concordância de gênero e formação do diminutivo e do aumentativo dos substantivos

Paulo Osório, João Lourenço António

Resumo


A pesquisa aqui apresentada baseia-se no estudo da convivência entre duas línguas – quimbundo e português – no município de Cazengo-Ndalatando, uma província da região Kwanza Norte, em Angola. Uma observação sociolinguística do contato e uso simultâneo entre as duas línguas mostra claramente situações de interferência do quimbundo na língua portuguesa (língua oficial em Angola), o que é possível comprovar pela análise linguística de enunciados orais recolhidos diretamente na zona geográfica em questão e cujo juízo de aceitação linguística foi atestado por um dos autores deste trabalho, que é falante nativo de quimbundo. Neste artigo são, assim, analisados três fenômenos linguísticos de interferência do quimbundo no português, indicadores de variação morfossintática nos registros orais da língua portuguesa: formação do plural, concordância de gênero, além da formação do diminutivo e do aumentativo dos substantivos.


Palavras-chave


Interferência; Formação do plural; Concordância de género; Formação do diminutivo dos nomes. Formação do aumentativo dos nomes

Texto completo:

PDF/A

Referências


ALMEIDA, J. A transferência linguística e a tradução: barreira à tradução ou eficaz solução comunicativa? Porto: Faculdade de Letras, 2001.

MINGAS, A. Interferência do quimbundo no português falado em Lwanda. Porto: Campo das Letras, 2000.

NGUNGA, A. Interferência de Línguas Moçambicanas em Português falado em Moçambique. Revista Científica da Universidade Eduardo Mondlane, Série: Letras e Ciências Sociais, vol. 1, nº 0, pp. 7-2, 2012.

PERES, D. Apontamento de morfologia das línguas nacionais africanas. Luanda: Universidade Agostinho Neto, 2006.

RAPOSO, E. et al. (org.). Gramática do português. Volume I. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2013.

SANTANA, M. O Sufixo diminutivo em português: Funcionamento e significação –do século XIII ao XX. São Paulo: Universidade S. Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, 201.

SASSOMA, J. Interferência da língua umbundu na língua portuguesa na região de Benguela. Benguela: Universidade Buila Katyavala, 2015.




DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8412.2018v15n4p3289

Direitos autorais 2019 Fórum Linguístico

Creative Commons License

Esta publicação está regida por uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Fórum Linguístico, ISSNe 1984-8412, Florianópolis (Santa Catarina), Brasil