Esfera jurídica em destaque: Um olhar sobre o gênero petição inicial

Jokasta Neves Pires, Márcia Helena de Melo Pereira

Resumo


Com base na importância que o Direito possui para a sociedade, uma vez que, de uma forma ou de outra, encontra-se presente na história dos indivíduos, é relevante conhecermos melhor os gêneros discursivos da esfera jurídica. Nesse sentido, nosso objetivo é investigar um desses gêneros, a petição inicial, tendo em vista seus aspectos temáticos, composicionais e estilísticos. Para tanto, recolhemos 25 exemplares de petições iniciais no site oficial do Tribunal de Justiça de Bahia (TJ/BA), escritas por advogados diferentes. Em relação ao conceito de gêneros discursivos, utilizamos, como fundamento teórico, a Filosofia da Linguagem de Bakhtin (2003). Na seara jurídica, valemo-nos de teóricos como Didier (2015), de manuais de Direito e do Código de Processo Civil brasileiro (CPC) – (Lei nº 13.105/2015). A partir de nossas análises, constatamos que a petição inicial é um gênero rígido, bastante padronizado e com poucas possibilidades de entradas individuais.


Palavras-chave


Esfera jurídica; Gêneros discursivos; Petição inicial

Texto completo:

PDF/A

Referências


BAKHTIN, M. M. Estética da criação verbal. 4. ed. Trad. P. Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BAKHTIN, M. M. Estética da criação verbal. Introdução e tradução de Paulo Bezerra. 6. ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2011.

BRASIL. Presidência de República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Código de Processo Civil. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13105.htm. Acesso em: 14 mai. 2017.

DIDIER, F. JR. Curso de Direito Processual Civil. Volume I: 11. ed. Salvador: Editora JusPodivm, 2009.

DIDIER, F. JR. Curso de Direito Processual Civil. 17. ed. Salvador: Ed. Jus Podivm,

NOHARA, I. P. Direito Administrativo. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2014.

PRADO, A. C. D. R.; PEREIRA, M. H. de M.; PEREIRA, L. C. de M. O gênero denúncia: um estudo da sua estrutura composicional. In: LOUSADA, E. et al. (org.). Diálogos Brasileiros no Estudo de Gêneros textuais/discursivos.1. ed.. Araraquara: Letraria, 2016. p

RIBEIRO, P. B. Funcionamento do gênero do discurso. Bakhtiniana, São Paulo, v. 1, n. 3, p. 54-67, 1º sem. 2010.




DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8412.2019v16n4p4181

Direitos autorais 2020 Fórum Linguístico

Creative Commons License

Esta publicação está regida por uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Fórum Linguístico, ISSNe 1984-8412, Florianópolis (Santa Catarina), Brasil