A motivação para a proposição de pesquisas por pesquisadores de linguística: uma análise sociorretórica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-8412.2020v17n2p4860

Palavras-chave:

Projeto de pesquisa, Lacuna de pesquisa, Pesquisa prévia, Linguística

Resumo

O objetivo desta pesquisa é analisar a relação que os passos retóricos ‘relatando pesquisa prévia’, ‘indicando lacuna de pesquisa’ e ‘indicando problemas do mundo real’ mantêm com a proposição de projetos de pesquisa escritos por pesquisadores experientes da área de Linguística. A pesquisa insere-se na sociorretórica e se fundamenta em Swales (1990, 2004), Berkenkotter e Huckin (1995), Connor e Mauranen (1995), Motta-Roth e Hendges (2010), Lim (2012, 2014) e Alves Filho (2018). Foram analisados 12 projetos de pesquisa dentro da Linguística. Os passos encontrados foram quantificados e caracterizados em seus aspectos retóricos, como também foi analisada a relação que essas estratégias possuíam entre si e com a proposição da pesquisa. Os resultados indicam que as pesquisas prévias e as lacunas de pesquisa são pouco utilizadas como argumento para uma nova pesquisa e, em contrapartida, a busca pela resolução de problemas do mundo real é assumida como o principal elemento motivador.

 

Biografia do Autor

Francisco Alves Filho, Universidade Federal do Piauí

Professor de Linguística e Língua Portuguesa da  Coordenação de Letras Vernáculas da UFPI

Carolina Áurea Cunha Rio Lima, Universidade Federal do Piauí

Mestranda do Programa de Pós-graduação em Letras na UFPI

Referências

ALVES FILHO, F. Como mestrandos agem retoricamente quando precisam justificar suas pesquisas. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, v. 18, n. 1, p. 131-158, 2018.

BARROS, J. d’A. Projeto de pesquisa em História: da escolha do tema ao quadro teórico. Petrópolis: Vozes, 2005.

BERKENKOTTER, C.; HUCKIN , T. N. Genre knowledge in disciplinary communication: cognition, culture, power. New Jersey: Lawrence Erlbaum Associates Inc., Publishers, 1995.

BOOTE, D. N.; BEILE, P. Scholars Before Researchers: on the centrality of the dissertation literature review in research preparation. Educational Researcher, v. 34, n. 6, p. 3-15, ago./set. 2005.

CONNOR, U.; MAURANEN, A. Linguistic analysis of grant proposals:european union research grant. English for Specific Purpose, v. 18, n. 1, p. 47-62, 1999.

JUCÁ, D. A organização retórico-argumentativa da seção de justificativa do gênero textual projeto de dissertação. 2006. 109 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Programa de Pós-Graduação em Linguística, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2006.

LIM, J. M.-H. How do writers establish research niches? A genre-based investigation into management researchers' rhetorical steps and linguistic mechanisms. Journal of English for Academic Purposes, v. 11, p. 229-245, 2012.

LIM, J. M.-H. Formulating research questions in experimental doctoral dissertations on Applied Linguistics. Journalof English for Academic Purposes, v. 35, p. 68-88, 2014.

MONTEIRO, B. N. Organização retórica e estruturação sequencial da seção de metodologia do gênero projeto de pesquisa. 2016. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2016.

MOTTA-ROTH, D; HENDGES, G. Produção textual na universidade. São Paulo: Parábola Editorial, 2010.

PRODONOV, C. C.; FREITAS, E. C. de. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

RIO LIMA, C. A. Movimentos retóricos na seção de fundamentação teórica de projetos de pesquisa na subárea de Linguística. Teresina: Pibic, 2015.

SILVA, C. R. B. Movimentos retóricos da seção de justificativa de pré-projetos de pesquisa da subárea de Linguística. Teresina: Pibic, 2015.

SWALES, J. Genre Analysis: English in academic and research settings. Cambridge: Cambridge University Press, 1990.

SWALES, J. Research Genres: Explorations and applications. Cambridge: Cambridge University Press, 2004.

TARDY, C. A genre system view of the Funding of Academic Research. Written Communication, v. 20, n. 1, p. 7-36, jan. 2003.

Downloads

Publicado

2020-09-02

Edição

Seção

Artigo