Gestão do planejamento e acompanhamento de atividades docentes de uma universidade federal

Roberta Souza Matos, Irineu Manoel de Souza, Flora Moritz da Silva, Gabriela Guichard de Lima Beck

Resumo


Os docentes do ensino superior das universidades federais desenvolvem atividades que ultrapassam o ensino em sala de aula, como por exemplo pesquisa e extensão, além de atividades administrativas. Tal amplitude denota a importância da existência de um planejamento das atividades docentes. Este artigo tem como objetivo principal analisar a gestão do sistema de Planejamento e Acompanhamento de Atividades Docentes - PAAD - de uma universidade federal. Para tanto, elaborou-se os seguintes objetivos específicos: conhecer a legislação e o sistema PAAD da universidade federal e identificar os principais desafios deste sistema. Trata-se de um estudo de caso, de caráter descritivo e natureza qualitativa, que fez uso de pesquisa bibliográfica, análise documental e entrevista semiestruturada com os responsáveis pelo sistema PAAD e com um chefe de departamento que utiliza o sistema, como instrumentos de pesquisa. Obteve-se como resultados a descrição do sistema PAAD que está estruturado para atender a Resolução n º 053/CEPE/9531 de agosto de 1995, além de sugestões de melhorias para este sistema, as quais foram embasadas em relatos obtidos nas entrevistas feitas com alguns dos responsáveis pelo PAAD na UFSC.

Palavras-chave


Docentes; Gestão universitária; Planejamento

Texto completo:

PDF/A

Referências


ALBUQUERQUE, L. G. de. A gestão estratégica de pessoas. In: FLEURY, M. T. L. (Coord.)

As pessoas na organização. São Paulo: Editora Gente, 2002, p. 35-50.

ALMEIDA, Mario de Souza. Elaboração de Projeto, TCC, Dissertação e Tese. 1ª

ed. São Paulo. Atlas, 2011.

ARANHA, J.G.T; SALLES, D.M.R. A evolução da Gestão de Pessoas nas Universidades Federais: do patrimonialismo ao estratégico – CIGU Desafios da Gestão Universitária no Século XXI Mar del Plata – Argentina 2, 3 e 4 de dezembro de 2015.

ALVES-MAZZOTTI, A. J.; GEWANDSZNAJDER, F. O método nas ciências naturais e

sociais: pesquisa quantitativa e qualitativa. São Paulo: Pioneira, 1998.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. 29 ed. atual. e ampl. São Paulo: Saraiva, 2002.

BORGES, Djalma Freire; ARAÚJO, Maria Arlete Duarte. Uma experiência de planejamento estratégico em universidade: o caso do centro de ciências sociais aplicadas da UFRN. Revista de Administração Pública. FGV. Rio de Janeiro 35 (4) 63-76 jul/ago 2001.

BOBBIO, Norberto. Estado, Governo e Sociedade: para uma teoria geral da política. 9ª ed. São Paulo: paz e terra, 2001.

BONI, Valdete; QUARESMA, Silvia Jurema. Aprendendo a entrevistar: como fazer entrevistas em ciências sociais. Em tese, Florianópolis, v. 2, n.1, p. 68-80, jan., 2005.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. (1996) Disponível em: Acesso em 22 de julho de 2017.

BÚRIGO, Carla Cristina Dutra. O trabalho acadêmico do professor universitário no processo de desenvolvimento do espaço público na Universidade Federal: um estudo de caso na Universidade Federal de Santa Catarina e na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2003.

Estrutura UFSC. Disponível em Acessado em: 15 de agosto de 2017.

FOLLE, A. et al. Construção da Carreira Docente em Educação Física: Escolhas, Trajetórias e Perspectivas. Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal, Porto Alegre, v. 15, n. 01, p. 25-49, janeiro/março de 2009.

GIRARD, Dante et al. Considerações sobre a importância da aplicação da teoria dos Sistemas nos processos de Gestão de Pessoas nas Universidades: um estudo de caso na uffs. Argentina: Bicentenario, 2010.

GOLDENBERG, M. A arte de pesquisar. Rio de Janeiro: Record, 1997.

HAGUETTE, T.M.F. Metodologias qualitativas na sociologia. 4.ed. Petrópolis: Vozes, 1995.

MINAYO, M.C de S. O desafio do Conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 3. ed. São Paulo: Hucitec/Abrasco, 1994

PAAD UFSC. Disponível em < paad.sistemas.ufsc.br/> Acessado em 16 de agosto de 2017.

PALMEIRAS, J.B; SGARI, R; SZILAGYI, C.L.S. Desafios da Gestão Universitária: Competência e Desempenho: uma reflexão crítica na gestão. CIGU: Argentina, 2015.

PEREIRA, José Matias. Manual de Gestão Pública Contemporânea. 4ª ed. São Paulo: editora atlas, 2012.

Plano de Desenvolvimento Institucional. Universidade Federal de Santa Catarina, 2010-2014.

RECKTENVALD, M; SOUZA, I.M. Normatização das Atividades Docentes nas Instituições Federais de Ensino Superior (IFES): O caso da Universidade Federal da Fronteira Sul. CIGU; Arequipa – Peru, novembro de 2015.

RIBEIRO, José Querino. Planificação educacional (planejamento escolar). R. bras. Est. Pedag., Brasília, v.86, n. 212, p. 85-93, jan./abr. 2005.

VASCONCELOS, Celso dos S. Planejamento: processo de ensino-aprendizagem e

projeto político pedagógico 5ª ed. São Paulo. Liberdad, 1999.

VERGARA, S.C. Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração. 3ª ed. São

Paulo. Atlas, 2013.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.




DOI: https://doi.org/10.5007/1983-4535.2019v12n1p118

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, ISSN 1983-4535, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista GUAL, encaminhe um e-mail para revistagual@gmail.com.

 This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.