Efeito da burocracia no custo de transação econômica na Pró-Reitoria de Administração da Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1983-4535.2020v13n2p71

Palavras-chave:

Burocracia, Custo de transação, Universidade

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo identificar o efeito da burocracia no custo de transação econômica na Pró-Reitoria de Administração/PROAD da Universidade Federal Rural do Semi-Árido no Estado do Rio Grande do Norte. Nessa perspectiva, utilizou-se a abordagem qualitativa, que se desenvolveu por meio de um estudo de caso, mediante a triangulação dos dados coletados. Para tanto, inicialmente, foi posto em prática, o instrumento de coleta, por meio de uma entrevista semiestruturada com o Pró-Reitor da PROAD e a diretora do setor de contratos. Os dados foram tratados, atendendo aos preceitos da análise de conteúdo; para isso, primeiramente, transcreveu-se a entrevista, que posteriormente foi importada para o Software Atlas ti 8.0. Logo após, fez-se o trabalho de codificação que, com a finalização, empregou-se a categorização dos dados, com o propósito de criar famílias de acordo com as dimensões estudadas. Em seguida, foi possível conceber redes para a sua devida análise e discussões e por fim encontrar os resultados que respondessem ao problema de pesquisa. Os achados evidenciaram que a frequência das transações é nula, consequentemente, inexiste uma forte especificidade de ativos; bem como a racionalidade limitada, oportunismo e incerteza são atributos atenuados pelas normas burocráticas da Instituição.

Biografia do Autor

Fabianny de Sales Guerra, Universidade Federal Rural do Semi-árido

Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal Rural do Semi- árido

Luciana Batista Sales, Universidade Federal Rural do Semi- árido

Doutora em Administração Estratégica pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR-2015). Docente do curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal Rural do Semi- árido

Carlos Alano Soares de Almeida, Universidade Federal Rural do Semi- árido

Doutor em Administração Estratégica pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR-2015). Docente da Universidade Federal Rural do Semi- árido

Adriana Martins de Oliveira, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte e Faculdade Católica do Rio Grande do Norte

Doutora em Administração pela PUCPR. Docente do curso de Ciências Contábeis da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte e da Faculdade Católica do Rio Grande do Norte.

Antônio Erivando Xavier Júnior, Universidade Federal Rural do Semi- árido

Doutor em Administração Estratégica pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR-2015). Docente da Universidade Federal Rural do Semi- árido

Referências

ARAGÃO, C. V. Burocracia, eficiência e modelos de gestão pública: um ensaio. Revista de Serviço Público, Brasília, v. 48, n.3, p. 104-132, Set/Dez. 1997.

BAIRRAL, M. A. C.; SILVA, A. H. C.; ALVES, F. J. S. Transparência no setor público: Uma análise dos relatórios de gestão anuais de entidades públicas federais no ano de 2010. Revista de Administração Pública, v. 49, n. 3, p. 642-675, maio/jun. 2015.

BRASIL. Lei n.° 8.666, de 21 de junho de 1993. Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 1993. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8666cons.htm . Acesso em: 23 fev. 2018.

CARIO, S. A. F.; NEUENFELD, D. R.; STADNICK, K. T. Custos de Transação nas compras públicas – um estudo de caso na empresa de correios e telégrafos – SC. I CIDESP, Santa Catarina, Set. 2017. Disponível em: cidesp.com.br/index.php/Icidesp/1cidesp/paper/download/127/107 . Acesso em: 21 fev. 2018.

CARVALHO JÚNIOR, L. C; OZON, R. T. Análise das Transações e das Estruturas de Governança na Cadeia do Feijão da Região de União da Vitória/Pr. In: Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural, XLII, 2004, Cuiabá. Anais eletrônicos. Disponível em: http://www.sober.org.br/palestra/12/04O212.pdf . Acesso em: 17 jan. 2018.

CAMPOS, S. A. P. A economia dos custos de transação e a visão baseada em recursos: aproximações teóricas. Revista Reuna, Belo Horizonte, v. 18, n. 3, p. 5-20, setembro. 2013.

COASE, R. H. The nature of the firm. Economica, New Series, v. 4, n. 16, p. 386-405, novembro, 1937.

COSENZA, J. P.; TEIXEIRA FILHO, A. C.; LOPES, R. S. S. R. Reflexão sobre relações entre poder e contabilidade. Contabilidade, Gestão e Governança, Brasília, v. 15, n. 2, p. 75-94, mai/ago 2012.

DORNELES, T. M.; BINOTTO, E.; HOLGADO-SILVA, H. C.; RODRIGUES, W. O. P. Análise dos atributos das transações e estruturas de governança do setor apícola de Mato Grosso do Sul. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, São Paulo, v. 10, n.2, p. 3-23, 2014.

FARIA, J. H.; MENEGHETTI, F. K. Burocracia como organização, pode e controle. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 51, n. 5, p. 424-439, set/ out 2011.

GIRGLIOLI. P. P. Burocracia. Burocracia. In: BOBBIO, N.; MATTEUCCI, N.; PASQUINO, G., Dicionário de Política, 7. ed., Brasília-DF: Editora UnB, p. 124-130, 1995.

GRIN, E. J. Trajetória e avaliação dos programas federais brasileiros voltados a promover a eficiência administrativa e fiscal dos municípios. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 48, n. 2, p. 459-480, 2014.

KLEIN, K.; PIZZIO, A.; RODRIGUES, W. Governança universitária e custos de transação nas universidades da Amazônia Legal Brasileira. Educação e Sociedade, Tocantins, v. 39, n. 143, p. 455-474, fev. 2018.

LOPES, A. E. M. P. Dependência de recursos e custos de transação: rumo a um modelo convergente. Gestão e Produção, São Paulo, v. 24, n. 4, p. 806-813, 2017.

LYRIO, M. V. L.; DELLAGNELO, E. H. L.; LUNKES, R. J. Proposta de um modelo de análise da flexibilização da burocracia em organizações públicas com base nas dimensões sugeridas por Volberda: o caso da Secretaria de Estado da Administração de Santa Catarina. Administração Pública e Gestão Social, Santa Catarina, v. 9, n. 4, p. 254-264, 2017.

MARCHETTI, C. T. C.; CARVALHO, R. T.; MONT’ALVÃO, C. A. A influência da gestão burocrática nas organizações públicas do Brasil. Revista INICIA, Minas Gerais,, v. 9, p. 8-17, 2009.

MARTINS, D. L. C. C.; SOUZA, J. P. Atributos da transação e mensuração, e sua influência nas relações entre cooperados e cooperativas em sistemas agroindustriais suinícolas. Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, v. 15, n. 3, p. 69-100, Maio/Jun. 2014.

MELLO, F. O. T.; PAULILLO, L. F. O. Análise do alinhamento entre os atributos das transações e as formas de governanças empregadas na citricultura. Gestão e Produção, v. 16, n. 4, p. 679-690, 2010.

MOTTA, F.C.P. Controle social nas organizações. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v.19, n.03, p.11-25, jul./set., 1979. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-75901979000300002. Acesso em: 03 ago. 2017.

OLIVEIRA, I. G. S.Análise de correspondência aplicada a preposições sobre a eficiência e eficácia do processo de compras públicas a partir da percepção de diferentes atores envolvidos. Revista Ciências Administrativas, v. 21, n. 1, p. 131-162, 2015.

OURA, M. M.; KONO, C. M.; RODRIGUES, L. C.; RICCIO, E. L. O Pregão Eletrônico como Instrumento de Controle de Oportunismos no Processo Licitatório Público. Gestão e projetos, São Paulo, v. 3, n. 2, p. 260-281, maio/ago 2012.

REIS, P. R. C.; CABRAL, S. Para além dos preços contratados: fatores determinantes da celeridade nas entregas de compras públicas eletrônicas. Revista Administração Pública, Rio de Janeiro, v.52, n. 1, p. 107-125, jan 2018.

ROSA, R. A.; FREGA, J. R. Intervenientes do Processo de Transferência Tecnológica em uma Universidade Pública. Revista de Administração Contemporânea, v. 21, n. 4, p. 435- 457, 2017.

SANTOS, A. M.; PEREIRA, M. F. Universidade e modificação organizacional – do modelo burocrático à organização intensiva de conhecimento. Revista Gestão Universitária na America Latina – GUAL, Florianópolis, v. 5, n. 1, p. 01-27, 2012.

SANTOS, L.; BRONNEMANN, M. R. Desafios da gestão em instituições de ensino superior: um estudo de caso a partir da percepção de diretores de centro de uma IES pública do sul do Brasil. Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, Florianópolis, v. 6, n. 1, p. 01-21, jan 2013.

SANTOS, L. A. S.; MARQUES, D. B. Burocracia e Economia dos Custos de Transação: Uma análise da relação entre a Universidade Federal de Pernambuco e a Refinaria Abreu e Lima. Administração Pública e Gestão Social, Recife, v. 7, n. 1, p. 26-37, jan/mar 2015.

SANTOS, M. S.; PADULA, A. D. A transação como fator estruturante da cadeia de suprimento do biodiesel no Rio Grande do Sul. Revista Eletrônica de Ciência Administrativa, Paraná v. 11, n. 2, p. 178-192, jul/dez 2012.

SARTURI, C. A. Os modelos de Administração Pública: patrimonialista, burocrática e gerencial. Conteúdo jurídico, Brasília, maio. 2013. Disponível em: http://www.conteudojuridico.com.br/?artigos&ver=2.43523&seo=1. Acesso em: 04 ago. 2017

SILVA, A. A.; BRITO, E. P. Incerteza, Racionalidade Limitada e Comportamento Oportunista: Um estudo na Indústria Brasileira. Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, v. 14, n. 1, p. 177-201, 2013.

TRAGTENBERG, M. Administração, poder e ideologia. São Paulo: Cortez, 1989.

WEBER, M. Ensaios de Sociologia. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1982.

WILLIAMSON, O. E. Transaction-cost economics: The governance of contractual relations, Journal of Law and Economics,v.22, p. 3-61,oct. 1979.

WILLIAMSON, O. E. The economic institutions of capitalism. New York: Free Press, 1985.

Downloads

Publicado

2020-05-28

Edição

Seção

Artigos