Legitimação institucional do jornalismo a partir da autorreferencialidade na grande reportagem multimídia

Carolina Teixeira Weber Dall Agnese, Eugenia Maria Mariano da Rocha Barichello, Vivian de Carvalho Belochio

Resumo


 

Neste trabalho, busca-se refletir sobre processos de legitimação institucional do jornalismo no âmbito da produção noticiosa hipermídia, a partir da análise de estratégias de autorreferencialidade verificadas no discurso e na configuração de uma grande reportagem multimídia (GRM) do webjornal The Guardian. Tem-se como cenário os processos de midiatização da sociedade e das práticas sociais, contexto no qual as organizações jornalísticas, enquanto representantes de uma instituição, trabalham constantemente pela conquista e/ou reforço de sua legitimidade, por meio de práticas comunicacionais que buscam explicar e justificar sua existência e seus modos de fazer.

 


Palavras-chave


legitimação institucional; jornalismo multimídia; organizações jornalísticas; midiatização

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2016v13n2p34

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons