Produção e distribuição de conteúdo em relógios inteligentes: formatos, linguagens e estratégias dos apps do The New York Times e R7

José Cavalcanti Sobrinho Neto, Fernando Firmino da Silva

Resumo


Os relógios inteligentes ou smartwatches conquistam cada vez mais espaço nos planos estratégicos das organizações jornalísticas para atrair a atenção dos consumidores de notícia e fomentar novos modelos de negócio. Neste artigo, o objetivo é explorar dois casos do universo dos dispositivos móveis vestíveis: os aplicativos para Apple Watch do The New York Times e do R7. A partir de dados empíricos de observação sistemática, fichas de observação e entrevistas com editores digitais dos dois casos, a análise aborda o uso dos relógios inteligentes para fins jornalísticos a partir do conceito de jornalismo de relance. Os resultados indicam que em ambos os casos, já existe uma estratégia de distribuição da notícia muito bem delimitada, na qual a notícia do relógio inteligente funciona como gatilho e catalizador do ecossistema desses casos em análise.


Palavras-chave


Jornalismo móvel; Relógios inteligentes; Dispositivos móveis vestíveis

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2017v14n2p189

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons