O percurso do intelectual: da esfera pública à academia

Gizelle Kaminski Corso

Resumo


Neste texto abordo questões acerca da figura do intelectual e da sua trajetória da esfera pública à academia. Procuro, também, ensaiar uma imagem de sua situação hoje, como se dá sua intervenção e de que forma age e reage em comparação ao mito fundador do intelectual moderno, representado pelo autor Émile Zola. Para elaborar tal percurso, percorro conceituações de Antonio Gramsci, Stephane Mallarmé, Jean-François Lyotard, Eric Hoffer, Eduardo Portella e Alfonso Sastre.

 


Palavras-chave


Vida intelectual; Crítica; Intelligentsia

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7917.2010v15n2p37

Direitos autorais 2010 Gizelle Kaminski Corso

Rev. Anu. Lit. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis. Santa Catarina. Brasil. ISSNe 2175-7917

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.