Pico de consumo de oxigênio em nadadores e escolares do sexo masculino

Autores

  • Emilson Colantonio Universidade Federal de São Paulo
  • Ronaldo Vilela Barros EEFEUSP
  • Maria Augusta Pedutu Dal Molin Kiss EEFEUSP

DOI:

https://doi.org/10.1590/1980-0037.2008v10n4p354

Palavras-chave:

Cineantropometria, Aptidão Física, Performance, Oxygen uptake, Childhood, Adolescent, Swimming

Resumo

 Os objetivos do presente estudo foram: a) Analisar o comportamento do VO2pico (absoluto e relativo), entre grupos etários diferentes, do sexo masculino; b) Comparar os valores do VO2pico (absoluto e relativo), entre nadadores (Nad) e escolares (Esc) para o mesmo grupo etário. Foram avaliados 71 sujeitos entre 7-17 anos de idade (35Nad e 36Esc), distribuídos em grupos etários de 7-10, 11-14 e 15-17 anos. Foram realizadas medidas antropométricas (Estatura, Massa Corporal e Somatória de Dobras Cutâneas) e metabólicas (VO2pico), utilizando o sistema de análise de gases VO2000® e uma esteira rolante Inbrasport ATL®, adotando o protocolo de Bruce adaptado. Análise estatística: ANOVA para medidas repetidas, seguidas pelo teste post hoc de Tukey (p<0,05). VO2pico absoluto: diferenças estatísticas significantes entre todos os grupos etários e entre Nad (0,99 + 0,20 e 1,27 + 0,21 L.min-1) e Esc (0,98 + 0,36 e 0,80 + 0,12 L.min-1). VO2pico relativo: diferenças estatísticas significantes entre Nad1 e Nad2 (10,88 + 0,09 e 0,75 + 0,47 ml.kg-1.min-1) e entre Esc1 e Esc3 (6,96 + 1,23 e 0,98 + 2,29 ml.kg-1.min-1), apesar de serem diferentes entre Nad e Esc. Os resultados indicaram aumento do VO2pico entre os grupos etários, fruto do desenvolvimento natural dos sujeitos, mas, sobretudo, do efeito do treinamento de natação. Apesar do comportamento dessa variável ser similar entre 11-14 e 15-17 anos para ambos os grupos, os valores entre Nad e Esc nesses períodos etários são diferentes, apresentando os maiores valores para os Nad.

Biografia do Autor

Emilson Colantonio, Universidade Federal de São Paulo

Professor Adjunto do Curso de Educação Física, vinculado ao Departamento de Biociências da Universidade Federal de São Paulo no Campus Baixada Santista Área de investigação - Desempenho humano, Exercício físico na infância e adolescência, Fisiologia do exercício

Ronaldo Vilela Barros, EEFEUSP

Departamento de Esporte

EEFEUSP

Maria Augusta Pedutu Dal Molin Kiss, EEFEUSP

Professora Titular

Departamento de Esporte

EEFEUSP

Downloads

Publicado

2008-01-04

Edição

Seção

Artigos Originais