A mulher na sociedade de classes: inspirações e impactos internacionais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1806-9584-2021v29n171394

Palavras-chave:

Gênero, Trabalho, Heleieth Saffioti, Brasil, Mulheres

Resumo

A Mulher na Sociedade de Classes: Mito e realidade consagrou-se, na sociologia brasileira, como um texto fundador nos campos dos estudos de gênero e do trabalho. Diferentes analistas refletiram sobre a construção do seu argumento, seja explorando os elos entre ideias e biografia, seja argumentando sobre o vigor intelectual e a atualidade das formulações ali contidas. Neste artigo, adotaremos um ponto de vista pouco explorado: o dos diálogos entre mundos intelectuais propiciados por esse texto cinquentenário. Por um lado, destacaremos como se apresentam, no argumento de Heleieth Saffioti, novidades interpretativas então em voga na sociologia do trabalho e do gênero que se fazia fora do Brasil, especialmente na França. Por outro, exploraremos os seus ecos na academia estrangeira, seja ao tempo da sua publicação em língua inglesa, seja mais recentemente.

Biografia do Autor

Nadya Araujo Guimarães, USP - Departamento e Programa de Pós-Graduação em Sociologia / CEBRAP - Centro Brasileiro de Análise e Planejamento

Doutora em Sociologia (Universidad Nacional Autónoma de México, 1983), com pós-doutorado no Special Program on Urban and Regional Studies (MIT/USA, 1993-1994). Livre-docente em Sociologia do Trabalho (USP, 2002). Membro da Academia Brasileira de Ciências. Tem pesquisado os temas: desigualdades de gênero e raça no trabalho; desemprego e procura de trabalho; intermediários e novas relações de emprego; trabalho e trabalhadoras do cuidado.

Helena Sumiko Hirata, CNRS - Centre National de la Recherche ScientifiqueLaboratoire CRESPPA-GTM

Doutora em Sociologia (Université de Paris 8 Vincennes-Saint-Denis, 1979), Habilitation à Diriger de Recherches, HDR (equivale a livre-docente) em Sociologia (Université de Versailles-Saint-Quentin-en-Yvelines, 1997). Tem pesquisado os temas: gênero e trabalho; globalização e divisão sexual do trabalho; desemprego, instituições e atores; teorias e práticas do cuidado numa perspectiva comparativa internacional.

Referências

ABBOTT, Andrew. “Preface”. In: CELARENT, Barbara; ABBOTT, Andrew. Varieties of social imagination. Chicago; London: The University of Chicago Press, 2016. p. IX-XI.

BEAUVOIR, Simone de. O segundo sexo. São Paulo: Difusão Europeia do Livro, 1961 [1949].

BERLINCK, Manoel Tosta. Algumas percepções sobre a mudança do papel ocupacional da mulher, na cidade de São Paulo. São Paulo, 1964, mimeografado.

BEZERRA, Elaine. “A originalidade do pensamento de Heleieth Saffioti na análise crítica sobre a condição da mulher na sociedade capitalista”. Lutas Sociais, São Paulo, v. 17, n. 31, p. 170-173, jul./dez. 2013.

BRUSCHINI, Maria Cristina Aranha. “Trabalho feminino: trajetória de um tema, perspectiva para o futuro”. Revista Estudos Feministas, Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, p. 17-32, 1994.

CANDIDO, Antonio. “Prefácio”. In: SAFFIOTI, Heleieth. A mulher na sociedade de classes: mito e realidade. Rio de Janeiro: Vozes, 1976 [edição original 1969, Quatro Artes Editorial]. p. 5-6.

CELARENT, Barbara. “Women in class society by Heleieth I. B. Saffioti”. American Journal of Sociology, v. 119, n. 6, p. 1.821-1.827, May 2014.

CELARENT, Barbara; ABBOTT, Andrew. Varieties of social imagination. Chicago; London: The University of Chicago Press, 2016.

CHOMBART DE LAUWE, Paul Henri (Ed.). Images de la femme dans la société. Paris: Les Editions Ouvrières, 1964.

CHOMBART DE LAUWE, Marie-José; CHOMBART DE LAUWE, Paul-Henri; HUGUET, Michèle; PERROY, Ella; BISSERET, Nöelle. La femme dans la société: son image dans différents milieux sociaux. Paris: Editions du CNRS, 1963.

CLAIR, Isabelle. Sociologie du genre, Paris: Armand Colin, 2012.

DALLA COSTA, Mariarosa; JAMES, Selma James. The power of women and the subversion of the community. Bristol: Falling Wall Press, 1972.

DESMAREZ, Pierre. La sociologie industrielle aux Etats-Unis. Paris: Armand Colin, 1986.

FERNANDES, Florestan. A integração do negro na sociedade de classes. São Paulo: Ática, 1964.

FERNANDES, Florestan. “The weight of the past”. Daedalus, v. 96, n. 2, p. 560-579, Spring 1967.

FRIEDAN, Betty. The feminine mystique. New York: W. W. Norton, 1963.

FRIEDMANN, Georges; NAVILLE, Pierre. “Introduction et méthodologie”. In: FRIEDMANN, Georges; NAVILLE, Pierre (Eds.). Traité de sociologie du travail. Paris: Armand Colin, 1962. v. 1, p. 11-64.

GERSTEIN, Ira. “Domestic work and capitalism”. Radical America, v. 7, n. 4-5, 1973.

GIMENEZ, Martha. “Women in class society by Heleieth I. B. Saffioti”. Science and Society, v. 46, n. 2, p. 244-246, Summer, 1982.

GLAZER, Nona. “Women in class society by Heleieth I. B. Saffioti”. Contemporary Sociology, v. 10, n. 2, p. 322-323, 1981.

GONÇALVES, Renata. “O feminismo marxista de Heleieth Saffioti”. Lutas Sociais. São Paulo, n. 27, p. 119-131, 2º sem. 2011.

GUILBERT, Madeleine. Les fonctions des femmes dans l’industrie. La Haye: Mouton, 1966.

GUILBERT, Madeleine. “Premières en sociologie”. Entretien avec Margaret Maruani et Chantal Rogerat. Travail, Genre et Sociétés, Paris, n. 1, p. 7-20, 1999/1.

GUILBERT, Madeleine; ISAMBERT-JAMATI, Viviane. “La répartition par sexe”. In: FRIEDMANN, Georges; NAVILLE, Pierre (Eds.). Traité de sociologie du travail. Paris: Armand Colin, 1962. v. 1, p. 266-282.

GUILBERT, Madeleine; ISAMBERT-JAMATI, Viviane. “Statut professionnel et rôle traditionnel des femmes”. Cahiers Internationaux de Sociologie, Paris, v. XVII, p. 112-122, 1954.

GUILBERT, Madeleine; ISAMBERT-JAMATI, Viviane. Travail féminin et travail à domicile: enquête sur le travail à domicilie de la confection féminine dans la région parisiense. Paris: CNRS, 1956.

ISAMBERT-JAMATI, Viviane. “Adaptation au travail et niveau de qualification des femmes salariées”. Revue Française de Sociologie, n. 1, p. 45-60, jan./mar. 1960.

ISAMBERT-JAMATI, Viviane. “Le féminisme est une évidence”. Propos recueillis par ACOUALT-BITAUD, Marlaine; ROGERS, Rebecca. Travail, Genre et Sociétés, Paris, n. 18, p. 5-22, 2007/2.

LEACOCK, Eleanor Burke. “Introduction”. In: SAFFIOTI, Heleieth I. B. Women in class society. New York; London: Monthly Review Press, 1978. p. IX-XXIV.

LOVATTO, Angélica. “Desvendando O poder do macho: um encontro com Heleieth Saffioti”. Lutas Sociais. São Paulo, n. 27, p. 110-118, 2º sem. 2011.

MÉNDEZ, Natalia Pietra. Com a palavra, o segundo sexo: percursos do pensamento intelectual feminista no Brasil dos anos 1960. 2008. Doutorado (Programa de Pós-Graduação em História) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil.

MICHEL, Andrée. Famille, industrialisation, logement. Paris: CNRS, 1959.

MICHEL, Andrée; TEXIER, Geneviève. La condition de la Française aujourd’hui. Genève: Gonthier, 1964.

MITCHEL, Juliet. “Women: the longest revolution”. New Left Review, n. 40, p. 11-37, Nov./Dec. 1966.

MOTTA, Daniele Cordeiro. Desvendando o nó: a experiência de auto-organização das mulheres catadoras de materiais recicláveis do Estado de São Paulo. 2017. Doutorado (Instituto de Filosofia e Ciências Humanas) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, Brasil.

MOTTA, Daniele Cordeiro. “Desvendando Heleieth Saffioti”, Lutas Sociais, São Paulo, v. 22, n. 40, p. 149-160, 2018.

PEDRO, Joana Maria; MELLO, Soraia Carolina; OLIVEIRA, Veridiana Bertelli Ferreira. “O feminismo marxista e o trabalho doméstico: discutindo com Heleieth Saffioti e Zuleika Alambert”. História Unisinos, v. 9, n. 2, p. 132-138, maio/ago. 2005.

PEREIRA, Luiz. O magistério primário na sociedade de classes. São Paulo: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP, 1963. (Boletim n. 277).

PINTO, Celi Regina Jardim. “O feminismo bem-comportado de Heleieth Saffioti (presença do marxismo)”. Revista Estudos Feministas, Florianópolis, n. 22, n. 1, p. 321-333, jan./abr. 2014.

POMPEU, Fernanda. “Heleieth Saffioti”. In: CHARF, Clara (Ed.). Brasileiras: guerreiras da paz. São Paulo: Ed. Contexto, 2007. p. 67-69.

ROHRLICH-LEAVITT, Ruby (Ed.). Women cross-culturally, change and challenge. The Hague: De Gruyter Mouton, 1975.

ROHRLICH-LEAVITT, Ruby. Women in class society by Heleieth I. B. Saffioti, L’Homme. Paris, EHESS, T. 19, n. 3-4, p. 244-245, Jul./Dec. 1979.

SAFFIOTI, Heleieth. A mulher na sociedade de classes: mito e realidade. São Paulo: Livraria Quatro Artes Editora, 1969.

SAFFIOTI, Heleieth. A mulher na sociedade de classes: mito e realidade. 2. ed., Rio de Janeiro: Vozes, 1976.

SAFFIOTI, Heleieth. A mulher na sociedade de classes: mito e realidade. 3. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2013.

SAFFIOTI, Heleieth. "Entrevista: Heleieth Saffioti por ela mesma: antecedentes de A mulher na sociedade de classes”. [Entrevista cedida a] Renata Gonçalves e Carolina Branco. Lutas Sociais, São Paulo, n. 27, p. 70-81, 2º sem. 2011.

SAFFIOTI, Heleieth. “Female labor and capitalism in the United States and Brazil”. In: ROHRLICH-LEAVITT, Ruby (Ed.). Women cross-culturally, change and challenge. The Hague: De Gruyter Mouton, 1975. p. 59-94.

SAFFIOTI, Heleieth. Gênero, patriarcado, violência. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2004.

SAFFIOTI, Heleieth. Mulher brasileira: opressão e exploração. Rio de Janeiro: Achiamé, 1984.

SAFFIOTI, Heleieth. “O segundo sexo à luz das teorias feministas contemporâneas”. In: MOTTA, Alda; SARDENBERG, Cecilia; GOMES, Marcia (Orgs.). Um diálogo com Simone de Beauvoir e outras falas. Salvador: Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Mulher, 2000. p. 15-38. (Coleção Bahianas, v. 5).

SAFFIOTI, Heleieth. Women in class society. Translated by Michael Vale. New York; London: Monthly Review Press, 1978.

SAFFIOTI, Heleieth. “Women, mode of production and social formations”. Latin American Perspectives, v. 4, n. 1-2, p. 27-37, Winter-Spring, 1977.

SAFFIOTI, Heleieth; ALMEIDA, Suely Souza de. Violência de gênero: poder e impotência. Rio de Janeiro: Revinter, 1995.

SILVA, Maria Aparecida Moraes. “O nascimento de uma obra”. Revista Estudos Feministas, Rio de Janeiro, v. 3, n. 1, p. 159-162, 1995.

SORJ, Bila. “O feminismo adentra a academia”, Revista Estudos Feministas, Rio de Janeiro, v. 3, n. 1, p. 156-158, 1995.

SULLEROT, Evelyne. La presse féminine. Paris: Armand Collin, 1966.

SULLEROT, Evelyne. La vie des femmes. Paris: Gonthier, 1965.

Downloads

Publicado

2021-07-21

Edição

Seção

Heleieth Saffioti – 50 anos d’A Mulher na Sociedade de Classes