De la translation à la traduction / Da translação à tradução

Antoine Berman, Marie Hélène C. Torres, Marlova Aseff

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/1980-4237.2011n9p71

Este texto é um excerto da obra Jacques Amyot, traducteur français, que deverá ser lançada proximamente em uma co-edição franco-canadense. Seu tema fundamental é o aparecimento do termo tradução no século XVI, vindo a substituir, nos países de língua românica, translação, vocábulo que o mundo anglo-saxão mantém até hoje. Como pano de fundo, o leitor poderá perceber, através de uma análise aparentemente de pura “semântica”, aquilo que está no lugar da “tradução” em uma cultura, de acordo com a forma como a nomeamos: justamente, tradução (como em francês, em espanhol, em português e em italiano) ou translação, como no inglês. Tradução ou translação? Talvez, hoje, essa seja a questão. Ao mesmo tempo, este texto esforça-se em trazer à discussão a necessidade de uma reflexão histórico-lexical sobre a tradução ou, mais precisamente, de uma arqueologia da tradução no espaço da cultura ocidental.


Palavras-chave


Teoria da tradução; História da tradução; Literatura traduzida; Antoine Berman

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-4237.2011n9p71

Sci. Trad., © 2005, UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 1980-4237

Creative Commons License
Scientia Traductionis is licensed under a Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.