O ponto e a linha. História do Direito e Direito Positivo na formação jurista do nosso tempo

Autores

  • Paolo Grossi Universidade de Florença

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

História do Direito, Dogmática jurídica, Ensino jurídico.

Resumo

O artigo realiza reflexão sobre o papel da história e do historiador do direito quanto ao processo de formação do jurista de nosso tempo e sobre o próprio desígnio institucional das Faculdades de Direito na atualidade. O historiador, estando ao lado do operador do direito positivo, oferece contribuição a uma saudável desmistificação da dogmática jurídica. Com isso, relegitimam-se reciprocamente o historiador e o jurista.

Biografia do Autor

Paolo Grossi, Universidade de Florença

Paolo Grossi (Florença, 1933) é professor catedrático de História do direito medieval e moderno na Universidade de Florença, Itália.

Recebeu o título doutor honoris causa em Direito pelas Universidades de Frankfurt am Main (1989), Stockholm (1990), Autónoma de Barcelona (1991), Autónoma de Madrid (1994),Sevilla (1998), Bologna (2005), Nápoles (2007), Federal do Rio Grande do Sul (2009). É Professor honorário na Facultad de Derecho de la Pontificia Universidad Católica del Peru. É membro da Accademia Nazionale dei Lincei.

Em 1972 fundou a revista 'Quaderni fiorentini per la storia del pensiero giuridico moderno' e o 'Centro Studi sulla storia del pensiero giuridico', do qual a revista é expressão.

A sua produção é marcada pela influência de nomes como Santi Romano, Giuseppe Capograssi, Francesco Calasso e Marc Bloch.

Em 17 de fevereiro de 2009 foi nomeado Ministro da Corte Constitucional da República Italiana através de decreto assinado pelo Presidente da República Italiana, Giorgio Napolitano.

Downloads

Publicado

2005-01-01

Edição

Seção

Artigos