Política de boas práticas científicas

A Revista Seqüência – Estudos Jurídicos e Políticos adota boas práticas de ética na pesquisa, utilizando como referência o “Guia SciELO de boas práticas para o fortalecimento da ética na publicação científica” e os “Princípios de transparência e boas práticas em publicações acadêmicas”, recomendados pelo COPE, DOAJ e OASPA.

Editores:

Constituem deveres dos editores a consolidação da política editorial da Revista, supervisão do fluxo editorial, relação com todos os atores envolvidos, supervisão de transparência e qualidade do periódico e, igualmente, prevenção e identificação de más condutas, como plágio, manipulação de citação, falsificação de dados etc.

Pareceristas:

Aos avaliadores cabe a responsabilidade de contribuírem para a decisão editorial, atuarem com pontualidade, confidencialidade e objetividade. Ademais, devem indicar fontes não citadas identificadas nos trabalhos avaliados, guardar informações privilegiadas ou ideias conhecidas pela função de avaliação e manifestarem-se acerca do conflito de interesses.

Autores:

Cabe aos autores(as):

  1. Observância da política editorial da Revista e das normas de apresentação indicadas em diretrizes para autores;
  2. Responsabilidade pela correção gramatical dos artigos submetidos e, igualmente, pelo cumprimento das normas da ABNT aplicáveis;
  3. Garantir a originalidade dos artigos submetidos. O plágio, em quaisquer circunstâncias, consiste em má conduta, razão para rejeição da submissão;
  4. Garantir a publicação única dos textos enviados. Publicações variadas ou que contenham ideias desenvolvidas já publicadas constituem má conduta em termos de comunicação científica. É necessário informar o editor e obter consentimento para publicação de artigo em outro periódico;
  5. Dar conhecimento sobre as fontes e dados utilizados na pesquisa. A omissão de fontes, fabricação ou falsificação de dados constituem más condutas graves;
  6. Assegurar que sejam identificados como autor e coautores aqueles que tenham, de fato, contribuído significativamente para a concepção, projeção, elaboração e consolidação da pesquisa.

*Guia de boas práticas para o fortalecimento da ética na publicação científica (Guia-de-Boas-Praticas-para-o-Fortalecimento-da-Etica-na-Publicacao-Cientifica.pdf (scielo.org)).

*Promoting integrity in scholarly research and its publication | COPE: Committee on Publication Ethics.