Resolução de conflitos internacionais: o caso da Noruega como novo ator político

Autores

  • Orides Mezzaroba UFSC
  • Danielle Jacon Ayres Pinto UEMG

DOI:

https://doi.org/10.5007/2177-7055.2008v29n56p29

Palavras-chave:

Mediação, Resolução de conflitos, Processos de paz, Soft Power

Resumo

http://dx.doi.org/10.5007/2177-7055.2008v29n56p29

O texto vai debater as questões da paz e da segurança internacional, trazendo como foco principal a atuação do Estado da Noruega como mediador de conflitos. O intuito é introduzir um novo papel político do Estado no cenário da resolução de conflitos e salientar os moldes como essa mediação é praticada pela Noruega. Todavia, também serão abordados os ganhos que essa participação proporcionará ao Estado norueguês e, como esses são utilizados para promover os interesses nacionais da Noruega no sistema internacional.

Biografia do Autor

Orides Mezzaroba, UFSC

Professor Associado em Dedicação Exclusiva nos Programas de Graduação e Pós-Graduação em Direito (Mestrado e Doutorado) da Universidade Federal de Santa Catarina. Possui Graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1986). Especialização em Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1989). Mestrado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (1991). Doutorado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (2000). Pós- Doutorado junto à Universidade de Coimbra - Portugal (2008). Consultor da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes. Pesquisador de produtividade do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq. Tema de pesquisa: "O endereço da transpersonalização dos atores políticos no processo de reconstrução do modelo de Estado de Direito no Brasil".

Danielle Jacon Ayres Pinto, UEMG

Professora da UEMG nos cursos Geografia, Comunicação Social e Sucroalcooleiro, é Mestre (2009) em Relações Internacionais na área de Estudos de Paz e Segurança na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra - FEUC. É graduada em Relações Internacionais pela Universidade de Coimbra (2007), com especializações em Estudos da Paz e Segurança pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra - FEUC (2008) e Direito Humanos e Democracia pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra - FDUC (2007). Atualmente é pesquisadora da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra com o tema de pesquisa "Mediação de conflitos internacionais e a inserção política mundial do Brasil". Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Política Externa, atuando principalmente nos seguintes temas: mediação de conflitos, política externa brasileira, geopolítica, resolução de conflitos, soft power, smart power, poder e direito internacional.

Downloads

Publicado

2010-09-14

Edição

Seção

Artigos