Sustentabilidade Financeira e Orçamental em Contexto de Crise Global Numa Europa de Moeda Única

Autores

  • João Ricardo Catarino Universidade Técnica de Lisboa
  • Jaime Fonseca Universidade Técnica de Lisboa

DOI:

https://doi.org/10.5007/2177-7055.2013v34n67p21

Palavras-chave:

Endividamento, Dívida Pública, Consolidação Orçamental, , Contas Públicas

Resumo

http://dx.doi.org/10.5007/2177-7055.2013v34n67p21

Num contexto de crise global, o mercado financeiro internacional deixou de acreditar na capacidade de os países da União Europeia (EU27) fazerem face às dívidas públicas acumuladas e aos encargos financeiros delas resultantes. Como consequência alguns países europeus já solicitaram ajuda financeira às instituições internacionais (Grécia, Irlanda, Portugal e Espanha). Esta investigação visa atestar das obrigações financeiras assumidas pelos Estados-Membros da União Europeia no âmbito do projeto europeu quanto à consolidação das suas finanças públicas. Visa ainda atestar das causas e das debilidades financeiras e orçamentais que, quanto à zona euro, tornaram alguns dos Estados-Membros tão vulneráveis à crise financeira global. Ela visa, finalmente, atestar a trajetória seguida pelos Estados da zona euro e explicar por que falharam os mecanismos de disciplina financeira que deveriam suportar o funcionamento da moeda única.

Biografia do Autor

João Ricardo Catarino, Universidade Técnica de Lisboa

Professor universitário e pesquisador do Centro de
Administração e Políticas Públicas (CAPP) e do Instituto Superior de Ciências 
Sociais e Políticas (ISCSP) da Universidade Técnica de Lisboa (UTL). E-mail: 
jcatarino@iscso.utl.pt.

Downloads

Publicado

2013-12-09

Edição

Seção

Artigos