As possibilidades de uma leitura do fenômeno jurídico a partir da religião: a proposta metodológica e o exemplo da teologia política de João Calvino

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2177-7055.2017v38n75p189

Palavras-chave:

Religiões, Teologia, Direito, Sagrado, Calvino

Resumo

http://dx.doi.org/10.5007/2177-7055.2017v38n75p189

O presente trabalho discute e tenta lançar bases para uma abordagem do fenômeno jurídico a partir de um cabedal teórico próprio do estudo das religiões, diante das diversas e, muitas vezes, pouco exploradas interfaces entre direito e religião. Nesse sentido, apresentam-se os marcos teóricos para a empreitada proposta, os quais se valem da especificidade das categorias desenvolvidas no seio da ciência das religiões, tomando o fenômeno religioso por seus próprios aspectos religiosos e específicos, usando, em seguida, a teologia política de João Calvino como exemplo inicial de análise.

Biografia do Autor

Caetano Dias Corrêa, UFSC

Professor no Curso de Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Catarina. Professor dos Cursos de Graduação em Direito e de Especialização em Direito do Centro Universitário Católica de Santa Catarina. Coordenador do Curso de Especialização em Direito Civil e Processual Civil do Centro Universitário Católica de Santa Catarina. Graduado, mestre e doutor em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina. Advogado.

Downloads

Publicado

2017-05-24

Edição

Seção

Artigos