Estudo de traços de simplificação e explicitação em artigos científicos de anestesiologia

Paula Tavares Pinto Paiva

Resumo


Com base na abordagem interdisciplinar proposta por Camargo (2004, 2005), o presente trabalho tem como objetivo mostrar traços de simplificação e explicitação (Baker, 1996) em artigos traduzidos por um profissional com vasta experiência em tradução de textos científicos na área
de anestesiologia. De acordo com Baker (1996), a simplificação é a tendência de tornar a língua usada na tradução mais simples a fim de facilitar a compreensão do leitor. A simplificação se dá nos textos traduzidos por meio
de quebras de sentenças longas, mudanças na pontuação, resolução de ambigüidade e densidade lexical mais baixa do que nos textos originais. Já a explicitação é a tendência geral de explicar, no texto traduzido, trechos que se apresentam implícitos no texto original. Essa tendência pode ser encontrada no tamanho maior do texto traduzido em relação ao texto original, assim como mudanças sintáticas e lexicais. Como corpus de estudo, utilizamos um corpus paralelo composto por 15 artigos escritos originalmente em língua
portuguesa e suas respectivas traduções publicadas em uma revista de divulgação científica especializada em anestesiologia.

Palavras-chave


Tradução; Tradução de textos na área de anestesiologia; Estudos da tradução baseados em corpus; Lingüística de corpus.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x



Cadernos de Tradução, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 2175-7968.