O papel do tradutor e seu enfoque nos Cadernos de Tradução da Universidade Federal de Santa Catarina

Autores

  • Juliana Aguiar Silva Universidade Estadual Paulista/ São José do Rio Preto
  • Fátima de Gênova Daniel Universidade Estadual Paulista/ São José do Rio Preto
  • Marileide Dias Esqueda Universidade Estadual Paulista/ São José do Rio Preto

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Resumo

Muitos estudos e pesquisas (Venuti, 1995; Robinson, 2002; Benedetti e Sobral, 2003) foram e são realizados em torno do papel do tradutor e também das dificuldades enfrentadas por este profissional para produzir traduções de boa qualidade. Contemporaneamente, o tradutor é considerado um produtor de significados e não um mero transportador de palavras de uma língua para outra. Tal profissional deve estar comprometido com suas escolhas lexicais, as quais terão conseqüências para a determinação dos significados construídos no contexto da situação de chegada. Este estudo tem o intuito de analisar o papel do tradutor segundo os artigos publicados nos Cadernos de Tradução, volumes I a VI, no período de 1996 a 2000, pela UFSC. Foram selecionados os artigos que abordam o papel do tradutor nesses seis volumes citados e, de um total de 175 artigos, 62 discutem sobre o tema. Foram escolhidos os três temas mais recorrentes nos volumes, aqui apresentados em ordem decrescente: o ato interpretativo no processo tradutório, a adequação das escolhas lexicais aos aspectos sóciohistórico- culturais e as questões contextuais. Há uma inter-relação dos temas e após a análise dos dados, foi possível perceber um consenso entre os temas analisados nos Cadernos de Tradução e aqueles abordados por teóricos da área os quais discutem o mesmo assunto.

Biografia do Autor

Fátima de Gênova Daniel, Universidade Estadual Paulista/ São José do Rio Preto

É licenciada em Letras pela Universidade do Sagrado Coração e doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Estudos Lingüísticos da UNESP, campus de São José do Rio Preto. Atua como docente nos cursos de Letras, Tradutor e diversos outros cursos ligados à área de comunicações. Suas investigações centram-se principalmente na formação teórico-prática do professor de inglês.

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Marileide Dias Esqueda, Universidade Estadual Paulista/ São José do Rio Preto

Possui graduação em Tradução pela Universidade do Sagrado Coração (1995), mestrado em Lingüística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (1999) e doutorado em Lingüística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (2004). Atualmente é professor assistente da Universidade do Sagrado Coração, nos cursos de Tradução e Letras; e é professor assistente da Instituição Toledo de Ensino, no curso de Ciências Aeronáuticas. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Linguistica Aplicada, atuando principalmente nos seguintes temas: teoria de traducao, formação de tradutores, ensino e aprendizagem de línguas estrangeiras (inglês e espanhol). Iniciou seus contatos para pós-doutorado.

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Downloads

Publicado

2007-05-05

Edição

Seção

Artigos