A tradução francesa da linguagem compósita de Carolina Maria de Jesus.

Germana Henriques Pereira de Sousa

Resumo


Após um primeiro momento como best-seller no Brasil, com o lançamento de Quarto de despejo: diário de uma favelada (QD), em 1960, pela Francisco Alves, Carolina Maria de Jesus continua a fazer sucesso fora do país, o que motivou a tradução dessas obras em quatorze línguas estrangeiras. Le dépotoir, tradução francesa de QD, foi publicado na França em 1962, pela Editora Stock. O objetivo deste trabalho é estudar os textos de acompanhamento e a verbalização da linguagem compósita de Carolina Maria de Jesus em francês com vistas à descrição da apresentação da obra ao público francês e à análise das estratégias tradutórias que operam no texto traduzido.


Palavras-chave


Carolina Maria de Jesus, tradução francesa, crítica de tradução.

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7968.2011v2n28p121



Cadernos de Tradução, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 2175-7968.